Notícia

50 km/h ou 60 km/h? Sinalização confunde motoristas na BR 101

Motoristas que passam pela rodovia no bairro Divinópolis, na Serra, ficam em dúvida quanto ao limite de velocidade

Primeira placa indica limite de velocidade de 60 km/h, contradizendo a sinalização que fica poucos metros à frente, junto ao radar, que aponta máximo de 50 km/h
Primeira placa indica limite de velocidade de 60 km/h, contradizendo a sinalização que fica poucos metros à frente, junto ao radar, que aponta máximo de 50 km/h
Foto: Vitor Jubini

Uma sinalização na BR 101, no bairro Divinópolis, na Serra, está confundindo muitos motoristas que passam pelo local. A placa que indica o limite de velocidade para a fiscalização eletrônica é de 60 km/h e, metros depois, o próprio radar indica o limite de velocidade em 50 km/h. A Eco 101 informou que irá enviar uma equipe ao local para fazer a correção da sinalização.

A engenheira de transportes Gesiane Silveira Pereira explica que a função da placa é alertar o motorista sobre a velocidade que deve seguir. Dessa forma, o número indicado na placa deve seguir a do radar para não confundir os motoristas.

“Isso está errado. O que deve ser feita é uma padronização. A sinalização indica a velocidade do trecho e o radar é para aferir a velocidade e que seja cumprida”, explica.

ACIDENTE

especial

Gesiane explica que isso pode trazer duas consequências para o motorista. A primeira poderia ser a multa, porque o motorista pode se confundir e passar no radar com a velocidade da placa. Já a outra seria o acidente, porque ao perceber que a velocidade é diferente, ele pode frear bruscamente, ou também bater no veículo que está atrás.

O motorista Cláudio Groner, de 60 anos, disse que duas indicações de velocidade diferentes confundem o motorista, podendo até gerar multa para as pessoas. Ele acredita que é necessário padronizar as placas.

“Eu dirijo com cuidado, mas isso pode confundir qualquer um. Já levei multa em radar. Do jeito que está é mais fácil ainda de cometer alguma infração”, disse.

O pedreiro Hélio Pereira, de 64 anos, disse que a forma como está o radar e a placa confundem tanto pessoas experientes como inexperientes. Ele acredita que deve haver uma padronização para 50km/ h ou para 60 km/h.

“Tenho 30 anos de habilitação e já levei multa de radar. Imagina uma pessoa que não têm experiência e encontra a sinalização do jeito que está. Isso precisa ser mudado”, comenta o pedreiro.

ECO101

A Eco 101 informou, por meio de nota, que irá enviar uma equipe ao local para correção da sinalização. Informou ainda que a velocidade correta é a de 50km/h.

Ver comentários