Notícia

Ataque de abelhas interdita trânsito em Vila Velha

A Guarda Municipal esteve no local para orientar os motoristas

Ataque de abelhas em Vila Velha
Ataque de abelhas em Vila Velha
Foto: Manuela Ferreira

Um ataque de abelhas em uma praça do Centro de Vila Velha motivou a interdição do trânsito na Rua Sete de Setembro para o trabalho de remoção dos insetos. Equipes do Corpo de Bombeiros estiveram no local. 

Segundo nota da corporação, o enxame fica em um poste e ataca pedestres. Populares relataram que um funcionário da EDP Escelsa, ao fazer manutenção elétrica em um poste, foi atacado pelas abelhas.

A Guarda Municipal esteve no local para orientar os motoristas. O desvio foi feito pela avenida Champagnat. Até as 19h30, a via permanecia bloqueada. Por volta das 20h20, a rua foi liberada para o tráfego de veículos.

VEJA VÍDEO

 

 

RELATO

Muita gente foi picada. Foi um verdadeiro caos. Estava todo mundo em pânico

A jornalista Manuela Ferreira, de 43 anos, passava pela pracinha de Vila Velha por volta das 14 horas para levar o filho ao pediatra, quando percebeu uma movimentação diferente. Quando se deu conta que era um ataque de abelhas, Manuela disse ter entrado rapidamente no prédio do consultório médico.

"Eu olhei para perto do sinal e vi muita gente se coçando, se sacudindo, foi então que percebi que era um ataque de abelhas. Estava com meu filho de três anos e logo entramos no prédio. Lá de cima, do consultório do médico, vimos os bombeiros e o Samu chegando. Um vendedor de picolé foi ferido pelas abelhas. Muita gente foi picada. Tanto que os bombeiros não queriam deixar ninguém sair do prédio. Eu só saí porque meu carro estava estacionado do lado oposto e mesmo assim um bombeiro gentilmente ofereceu a blusa dele para que eu cobrisse meu filho na hora de sair. Foi um verdadeiro caos. Estava todo mundo em pânico", disse a jornalista, que mora em Itapoã.

VEJA MAIS FOTOS

> Acompanhe a Central de Trânsito do Gazeta Online

Ver comentários