Notícia

Há quase 4 anos, Paul McCartney pocava no Kleber Andrade. Você estava lá?

Parece que foi ontem que o ex-beatle falava o mais capixaba dos verbos em pleno estádio de Cariacica. Cantor brilhou, interpretou seus sucessos e conversou com o público em português #somoscapixabas

especial

Há quase quatro anos, capixabas e fãs de todo o país puderam curtir um show histórico do ex-beatle Paul McCartney no Estado. Na plateia, cerca de 34 mil pessoas foram embaladas por músicas de diferentes fases da carreira do cantor. A GAZETA acompanhou todos os preparativos para a apresentação do artista em solo capixaba e também esteve diante do palco montado no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica. E você, estava lá, naquele 10 de novembro de 2014?

O show no Estado foi o primeiro da turnê “Out There!” no Brasil e, mesmo desembarcando em Vitória após uma longa viagem iniciada em Nova York, nos Estados Unidos, Paul já mostrou toda a sua simpatia ao sair do aeroporto acenando para fãs que o aguardavam. A demonstração de carinho com o público também não faltou durante todo o show, que começou com um “Olá, Vitória! Esta noite vou tentar falar um pouco de português”.

Show de Paul McCartney no Estádio Kleber Andrade
Show de Paul McCartney no Estádio Kleber Andrade
Foto: Edson Chagas - 10/11/2014

Houve muitas passagens emocionantes ao longo da apresentação, como no momento em que cantou “My Valentine”, em homenagem à esposa, e no telão os atores Johnny Depp e Natalie Portman interpretavam a letra em língua de sinais. Outro ponto alto foi quando ofereceu a canção “Maybe I’m Amazed” à ex-mulher Linda, que havia morrido de câncer no final da década de 90.  

A apresentação ainda foi marcada por um show pirotécnico, e labaredas até saíram do palco, levando o público ao delírio. Contudo, o que mais encantou a plateia foi mesmo o artista, que se revezou na guitarra, no baixo e no piano, sempre cantando. Entre uma música e outra, voltava a falar em português, como “pocar”, o mais capixaba dos verbos, deixando a todos admirados. O público correspondia com uma empolgação incomum para uma noite de segunda-feira. Veja abaixo a galeria com a cobertura da vinda do ex-beatle.

Mesmo quem não pôde ir ao show, mas morava nas imediações do estádio, aproveitou cada segundo da apresentação do ex-beatle. Afinal, não é todo o dia que o Sir McCartney toca seus acordes por aqui.

 

 

 

 

 

Ver comentários