Notícia

Homem sofre fratura exposta após cair em valão aberto em Linhares

Marino Lopes Xavier, de 42 anos, foi fechado por um carro quando passava de bicicleta no bairro Aviso. Ele caiu no valão quando desviou do automóvel

Marino sofreu fratura exposta no osso da canela na perna esquerda
Marino sofreu fratura exposta no osso da canela na perna esquerda
Foto: Osvaldo Lopes Xavier

O autônomo Marino Lopes Xavier, de 42 anos, sofreu uma fratura exposta na perna esquerda e também quebrou o joelho após cair em um valão que fica no bairro Aviso, em

Linhares

, no Norte do Estado. O acidente aconteceu na última quarta-feira (29), quando Marino foi buscar a filha de 10 anos na escola. Ele passou por uma cirurgia e está internado em um hospital da cidade.

Segundo o irmão da vítima, o agente de segurança Osvaldo Lopes Xavier, Marino seguia de bicicleta pela Avenida Conceição da Barra, que liga os bairros Aviso e Araçá, quando um carro o fechou. “Ele descia a rua com a minha sobrinha por volta do meio-dia quando um carro fechou a bicicleta. Meu irmão foi desviar para não bater no veículo e acabou que ele caiu no valão, que está sem grade e qualquer tipo de proteção há anos”, afirmou.

Quando caiu no valão, Marino teve uma fratura exposta no osso da canela e também quebrou o joelho. Todos os ferimentos aconteceram na perna esquerda. De acordo com Osvaldo, o irmão foi socorrido por populares até a chegada do Corpo de Bombeiros. “Até bombeiros tiveram dificuldade para fazer o resgate, de tão perigoso que é o local. Colocaram meu irmão em uma prancha e puxaram com cordas”, explicou.

A vítima foi socorrida pelos bombeiros e levada ao Hospital Geral de Linhares (HGL). Osvaldo contou que Marino foi examinado pelos médicos do HGL, que disseram que a vítima precisava passar por um procedimento cirúrgico de emergência. Então, ele foi transferido para o Hospital Rio Doce, onde passou por uma cirurgia na perna esquerda.

Marino passou por cirurgia na perna esquerda e está internado em um hospital de Linhares
Marino passou por cirurgia na perna esquerda e está internado em um hospital de Linhares
Foto: Osvaldo Lopes Xavier

“O Marino está internado no Rio Doce, aguardando se recuperar da cirurgia. Depois ele volta para o HGL, onde vai esperar por uma nova cirurgia, que vai ser realizada em um hospital de Vitória. Mas por enquanto não tem previsão, precisa ver como ele vai reagir depois dessa primeira operação. Ele é autônomo, mas não tem previsão de quando volta a trabalhar e nem quando vai conseguir andar”, ressaltou Osvaldo.

A assessoria do Hospital Rio Doce informou que Marino está estável, se recuperando da cirurgia, e será transferido para o HGL assim que estiver em condições.

Revoltado com a situação do irmão, o agente de segurança pede um posicionamento da Prefeitura de Linhares sobre o valão do Aviso. “Não tem proteção ali. A Secretaria de Obras diz que vai tapar o local, mas há anos é a mesma história e nada é feito. Meu irmão não é o primeiro a cair ali, ele ficou caído na água de esgoto, minha sobrinha gritava desesperada. Espero que a prefeitura tome uma atitude, porque hoje o Marino caiu e quebrou uma perna, mas amanhã alguém pode cair e morrer”, reclamou.

VALÃO ABERTO

No local, o valão é aberto e começa quando acaba o asfalto ao lado da avenida. Não tem calçada, nem grade ou qualquer tipo de proteção. Moradores contaram para a reportagem da TV Gazeta Norte que os pedestres precisam andar na rua e se arriscam entre carros, motos e caminhões que atravessam a avenida em alta velocidade, já que não há uma calçada e é arriscado passar ao lado do valão.

Procurada, a Prefeitura de Linhares informou que mantém contato com a família de Marino e acompanha o caso de perto. “(A prefeitura) Pontua que assim que chegou ao Hospital Geral de Linhares, o paciente recebeu todo o atendimento médico necessário e foi transferido para o Hospital Rio Doce onde foi submetido a procedimento cirúrgico”, explica em nota.

Sobre o valão, a nota afirma que a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos enviou uma equipe no local e estuda a viabilidade de instalação de proteção ao longo do canal. “A secretaria elabora projeto de macrodrenagem do canal para posterior captação de recursos para a sua execução. A Secretaria de Obras e Serviços Urbanos destaca também que rotineiramente trabalha na limpeza do canal. O Departamento Municipal de Trânsito (Detro) informa que as vias do bairro possuem sinalização de trânsito que orienta o tráfego da região. O Detro já esteve no local e nos próximos dias irá reforçar a sinalização vertical”, finaliza a nota.

Ver comentários