Notícia

Os caminhoneiros estão organizando outra greve?

"Os nervos estão à flor da pele. As transportadoras não estão pagando a tabela de frete", afirma o porta voz dos caminhoneiros do ES

A greve dos caminhoneiros durou 10 dias em todo o país
A greve dos caminhoneiros durou 10 dias em todo o país
Foto: Caíque Verli

"Vamos travar de novo o país. Dessa vez é guerra", diz um trecho de um áudio que está circulando no WhatsApp, de uma suposta greve dos caminhoneiros, que estaria marcada para a próxima segunda-feira (3) em todo o Brasil. No entanto, o porta-voz dos caminhoneiros do Espírito Santo, Bira Nobre, afirma se tratar de rumor.

Na gravação, a informação é que "não vai rodar nem carro pequeno". A pessoa ainda afirma: "Nós confiamos e o presidente sacaneou".

Apesar da informação de greve na próxima segunda-feira (3) ser falsa, Bira descreve o descontentamento da classe. "O nervo do pessoal está a flor da pele. Estão insatisfeitos. As transportadoras não estão pagando a tabela de frete. É possível que se instale uma nova paralisação, mas nós, que somos de frente, estamos pedindo para aguardarem". 

Bira esclarece, ainda, que a próxima reunião em Brasília está marcada para o dia 12 de setembro. 

GREVE

Em maio deste ano, os caminhoneiros de todo Brasil realizaram uma paralisação durante 10 dias. A greve impactou de diversas maneiras. Na ocasião, o abastecimento de alimentos foi suspenso e voos cancelados, além da falta de combustíveis em vários postos do país. Na época, entre as reivindicações da classe estava o controle do preço do diesel e o fim da cobrança de pedágio para eixos suspensos. 

> Relembre nossa cobertura da greve dos caminhoneiros

Ver comentários