Notícia

Paula Rodrigues, a guardiã das memórias da Rede Gazeta

Coordenadora do Cedoc comanda equipe responsável pelo acervo dos veículos de comunicação da empresa. Evolução tecnológica é a palavra de ordem. É o presente inovador a serviço do resgate do passado

especial

Bem-humorada, educada, prestativa, proativa, competente. Esses são só alguns adjetivos que ajudam a traçar o perfil de Paula Rodrigues, coordenadora do Centro de Documentação da Rede Gazeta. Entre vídeos, fotografias, reportagens e outros materiais que contam os 90 anos da empresa por meio de arquivos, ela sintetiza que todo o processo passa pela inovação tecnológica, com grande parte do acervo digitalizado e, no caso dos conteúdos audiovisuais, em HD. É o presente inovador a serviço do resgate do passado, para mostrar toda a trajetória para as futuras gerações.

 “A empresa contribuiu muito para o meu crescimento profissional e pessoal. Entrei como bibliotecária e ao longo desses anos fui aprendendo na prática os ensinamentos da faculdade”, diz Paula, que após cursar Biblioteconomia partiu para o curso de Jornalismo, justamente para compreender melhor sua atividade.

“A Rede Gazeta sempre foi ao encontro dos desafios e superou. As hashtags que a definem são #inovação, #credibilidade, #agilidade #jovem e, claro, o #somos capixabas.” Confira o vídeo com o depoimento.

 

 

 

Ver comentários