Notícia

Apesar de liberação, apenas três aeronaves pousam em nova pista

Na noite desta quarta-feira (7), o primeiro pouso foi realizado após a homologação da nova pista por volta das 22h20 pela cabeceira 02

Nova pista do aeroporto
Nova pista do aeroporto
Foto: Marcelo Prest

Apesar da liberação para pousos na nova pista do Aeroporto de Vitória, somente duas aeronaves aterrissaram no trecho nesta quinta-feira (8). Isso porque a pista nova, nomeada 0220, não tem um aparelho chamado Instrument Landing System (ILS) - em português, Sistema de Aterrissagem por Instrumentos - que auxilia os pousos em condições climáticas ruins, como as de hoje em que uma forte chuva atinge a capital desde cedo.

Na noite desta quarta-feira (7), o primeiro pouso foi realizado após a homologação da nova pista por volta das 22h20 pela cabeceira 02, que é mais próxima do mar. O avião é da empresa GOL Linhas Aéreas e saiu do Aeroporto Internacional Tom Jobim, o Galeão, segundo a Infraero. Já nesta quinta-feira (8) na parte da manhã, duas aeronaves aterrissaram na nova pista, uma que chegou de São Paulo e a outra de Fortaleza. Até então, os outros pousos foram realizados na pista antiga.

> Pousos liberados na nova pista do Aeroporto de Vitória

Segundo informações passadas pela Infraero ao Gazeta Online, o Aeroporto de Vitória opera por aparelhos desde às 15h36 desta quinta-feira (8) por conta do mau tempo. "O sistema do ILS está disponível na pista antiga. Em caso de mau tempo, aterrissagens só serão liberadas na pista antiga, que é a 0624", detalhou a empresa.

Para operar por instrumentos, além do aeroporto estar habilitado, o piloto também deve ter experiências e a aeronave deve ser homologada. "A condição do Aeroporto de Vitória é diferenciada. A pista antiga tem ILS e a nova, por enquanto, não tem. Então, em caso de chuva ou condições climáticas ruins, os pousos acontecerão na antiga pista", finalizou.

Ver comentários