Notícia

Dia da última revisão e também de relaxar

Na véspera do Enem, não é hora de estudar conteúdo novo

Alunos e professores participaram de revisão para o Enem. O conteúdo passado em sala era dado de forma descontraída para não cansar
Alunos e professores participaram de revisão para o Enem. O conteúdo passado em sala era dado de forma descontraída para não cansar
Foto: Fernando Madeira

Mais de 110 mil estudantes no Estado farão a primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que, neste ano, será aplicado em dois domingos. Neste domingo (04), os alunos farão provas de ciências humanas, linguagens e redação. Ainda há tempo para dar aquela última revisada nas matérias, mas a principal dica é não pegar pesado e tentar relaxar a mente.

O professor Eduardo Damiani participou de um aulão nesta sexta-feira (02), na Ufes, e lembrou que essa última olhada no conteúdo vale a pena desde que o aluno tenha se preparado antes, durante o ano.

Nesta reta final, portanto, ainda dá para seguir algumas dicas passadas por educadores, mas vale ressaltar que a preparação é um momento pessoal e, por isso, é o candidato quem sabe a melhor forma de estar bem para a prova.

“Cada aluno deve se conhecer; a revisão antes tem que ser uma opção. A melhor alternativa é sempre descansar no dia anterior à prova”, orienta Damiani.

Mas, para quem não consegue desgrudar dos cadernos, a dica é não pegar pesado. O professor de História Diego Rodrigues orienta que o aluno não tente estudar conteúdo novo.

“Faça uma revisão do que foi produzido no ano, não estude nada do zero. Outra dica é tentar consumir uma conteúdo de forma mais lúdica, sem pressão”, afirma o educar, que ainda arrisca um palpite para a prova.

“A grande a aposta é História do Brasil. Existem questões de História geral, mas o Enem é uma prova de Brasil, principalmente na fase da República”, destaca Rodrigues.

Quem também arriscou um palpite foi o professor de Geografia Leonardo Fialho.

“É possível que essa prova venha privilegiando aspectos da geografia física, geologia. Sem deixar de abordar o fluxo migratório no Brasil e no mundo”, aposta. Ele ainda deu a dica que os alunos relaxem a mente.

“Não adianta tentar decorar nada agora. O melhor é dar uma revisada no conteúdo já estudado e relaxar a cabeça antes da prova”, aconselha o professor Leonardo.

ÚLTIMAS DICAS

História

Apostas

A principal aposta é História do Brasil, sobretudo a época do Brasil República. Pode cair um pouco de História geral, mas o Enem é uma prova mais de Brasil. É possível que caiam questões sobre os 30 anos da Constituição brasileira. Também sempre tem uma questão sobre a Era Vergas.

Dificuldade

O que pode ser mais difícil na prova de História é interpretação. O aluno deve ter atenção com as imagens também, que devem ser interpretadas junto com o texto.

Se prepare

No últimos anos o Enem surpreendeu ao aplicar questões sobre revoltas do Brasil Colônia, como a dos Alfaiates. Então, é importante ficar de olho no conteúdo que diz respeito a esse período da história brasileira.

Geografia

Aposta

Deve ser mais conteudista, priorizando geografia física, geologia e os biomas brasileiros. Outra aposta é estrutura da população brasileira e fluxos migratórios no Brasil e no mundo. Além, claro, da questão geopolítica e conflitos internacionais.

Dificuldade

A principal dificuldade é o aluno visualizar a teoria na sua vida prática.

Se prepare

Revise os principais pontos. Não adianta tentar decorar nada novo agora

Português

Aposta

A grande aposta é que caiam questões de interpretação de texto em geral, e particularmente de poemas. É possível que seja cobrada, também, variação linguística.

Dificuldade

O que pode dificultar nesta prova são os textos extensos

Se prepare

Esteja atento aos textos, saiba que o enunciado dá pistas para o aluno descubrir a resposta.

Redação

Aposta

Alguns dos temas mais cotados para redação são fake news; depressão e suicídio; produção, descarte de lixo e consumo consciente e ensino à distância.

Dificuldade

Administrar o tempo e concluir as ideias apresentadas são algumas das principais dificuldades dos alunos na hora da redação.

Se prepare

Fique atento ao texto de apoio porque pode ser de grande ajuda. Contextualize a informação, use dados e referências para embasar suas ideias.

MAIS ÔNIBUS E MUDANÇA NO TRAJETO DE PROVA

Para que os milhares de estudantes capixabas que farão a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) amanhã não tenham problema de mobilidade para chegar aos locais de prova, na Grande Vitória, foi organizando um esquema especial de ônibus e de trânsito, principalmente em Vitória.

Neste ano, vale ter uma atenção especial ao relógio, já que o horário de verão começa a valer neste domingo (04), mesmo dia em que a primeira prova será aplicada. Os portões do local serão fechados às 13h, horário de Brasília. E, como sempre, atrasos não serão tolerados.

Em Vitória, oito linhas que compõem o sistema de transporte municipal serão reforçadas com veículos disponíveis e aumento de viagens no quadro de horários.

Rua de Lazer, no Centro, não vai funcionar neste domingo (04) e no próximo domingo (11)
Rua de Lazer, no Centro, não vai funcionar neste domingo (04) e no próximo domingo (11)
Foto: Arquivo

Já em Vila Velha, os ônibus das linhas municipais terão um aumento de 30%. O esquema vale neste domingo (04) e também para próximo domingo (11).

A Ceturb-ES, companhia que administra o sistema Transcol, não informou se haverá reforço nas linhas de ônibus. Em nota, afirmou apenas que vai disponibilizar carros extras nos terminais de integração do Transcol, que poderão ser acionados no caso de aumento de demanda em alguma linha, durante a realização das provas.

Rua de lazer

A Prefeitura de Vitória ainda anunciou que a Rua de Lazer, que funciona nos domingos e feriados, também sofrerá alterações por conta do Enem. Amanhã e na próxima semana não haverá Rua de Lazer no Centro da Capital.

Já na praia de Camburi, nos trechos entre Jardim da Penha/Mata da Praia e Jardim Camburi, a Rua de Lazer vai funcionar, excepcionalmente, das 7 às 11 horas.

MUDANÇAS PARA A PROVA

Transcol

Ônibus reserva

Cerca de 40 ônibus reserva estarão disponíveis nos terminais caso seja necessário reforço em alguma linha.

Vila Velha

Reforço na frota

A prefeitura informou que o sistema municipal receberá um reforço de 30% na sua frota

Vitória

Linhas reforçadas

121 (Mário Cypreste/Jardim Camburi); 122 (Mª Ortiz/Rodoviária); 124 (Jardim da Penha/Estrelinha); 161 (Mário Cypreste/Atlântica Ville); 163 (Mª Ortiz/Parque Moscoso); 211 (Santo André/Jardim Camburi); 241 (Mário Cypreste/Jardim Camburi); e 310 (Santo André/Jardim Camburi)

Rua de lazer

Centro de Vitória

No domingo não funciona.

Praia de Camburi

De Jardim da Penha a Jardim Camburi, a rua será liberada das 7 às 11h.

Ver comentários