Notícia

Enem 2018: como organizar o tempo no último dia de prova

É preciso ter consciência de quanto tempo vai gastar em cada questão da prova

.
.
Foto: Eduardo Carmim/Agência O Dia

Os candidatos que vão fazer hoje a segunda e última etapa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2018 devem estar atentos ao tempo dedicado às provas de Ciências da Natureza e de Matemática. Embora tenha aumentado meia hora em relação à edição passada, administrar os minutos na resposta de cada questão é fundamental.

É o que orientam professores de cursinhos preparatórios para que os alunos sejam bem-sucedidos e o resultado os ajude a ingressar no ensino superior.

“Em termos de prova, a maioria dos candidatos já perdeu a grande ansiedade porque, no último domingo, viu onde é o local de prova, sabe como fazer para chegar no horário. Então, isso dá maior tranquilidade. Mas, diferentemente do primeiro dia que foi uma prova cansativa em termos de textos, agora a prova absorve uma quantidade de cálculo grande e exige outra habilidade do aluno”, observa Marcelo Krüger, coordenador da 3ª série do ensino médio do Salesiano e professor de Biologia.

Leia também

As questões de hoje são, segundo Marcelo, mais trabalhosas e os alunos levam, em média, três minutos para fazer cada uma. “Então, se o candidato encontrar um obstáculo e ficar muito tempo parado nessa questão, acaba perdendo a chance de realizar outras. Ao se deparar com a dificuldade, passe para a próxima questão, faça a prova toda e, dando tempo no final, ataque essas que ficaram pendentes”, orienta.

Marcelo lembra ainda que a prova do Enem tem questões de níveis fácil, médio e difícil, com pesos diferentes, e por isso requer uma boa estratégia do aluno. “Muitas vezes, se ele consegue abarcar um maior número de questões fáceis e médias, pode se sair muito bem. Então, tem que ir com a estratégia em mente de quanto tempo vai gastar nas provas”, reforça.

O professor de Matemática do Salesiano, Handley Magno Bernardo Lopes, acrescenta que, na hora de resolver uma questão, é preciso tentar sistematizá-la em mente, ler o enunciado com cuidado, identificar o que é dado, o que é pedido para não gastar energia com conta de qualquer jeito.

Professor de Física do Radier, João Lucas Oliveira do Nascimento recomenda que os candidatos deixem de lado o que não conseguiram fixar ao longo do ano, para não desanimar, e exercitar a concentração para fazer uma boa prova.

Aluno da instituição, Vasny de Souza Duda, 18 anos, disse que se sente preparado porque fez um plano de estudos e acredita que vai ter um bom resultado para depois escolher entre os cursos de Química ou Engenharia Química.

“Acho que não existe fórmula mágica; cada um deve fazer da maneira que se sente mais confortável. No meu caso, será intercalar a resposta das questões por área de conhecimento”, conta.

O colega Júlio Virgílio Teixeira Sobreiro, 17, já havia sido aprovado no curso de Agronomia no ao passado, mas não gostou e agora pretende uma vaga em Zootecnia. Mesmo sendo experiente no Enem, ele disse que há uma grande expectativa para ter um bom desempenho. “Vou tranquilo, mas com certeza é preciso administrar bem o tempo para não acabar tendo que chutar as questões no final da prova.”

Marcelo Krüger, professor do Salesiano, ainda faz mais uma consideração: aproveitar a prova até o final. “No quesito de classificação do Sisu, uma questão pode fazer a diferença na aprovação ou na eliminação. Cada questão pode ser determinante no final do processo. Aproveite todo o tempo que tiver!”

DICAS PARA SE SAIR BEM NO ENEM 2018

Apostas para a prova

O que pode cair

Em Ciências da Natureza, questões de ecologia e biotecnologia são cobradas frequentemente no Enem.

Especificamente em Física, as perguntas clássicas estão relacionadas a mecânica e eletrodinâmica. Também é comum questões de cinemática.

Em Matemática, conteúdos que têm frequência grande são os que envolvem probabilidade, análise combinatória, ideia de contagem. Também costuma cair análise de gráfico, que passa por grandes áreas das Ciências Humanas e da Natureza.

O que levar

Obrigatório

Caneta de tinta preta e fabricada em material transparente; Documento oficial de identificação original com foto, tais como Carteira de Identidade, passaporte, Carteira de Habilitação, Carteira de Trabalho.

Aconselhável

Cartão de confirmação de inscrição; Declaração de comparecimento impressa para assinatura do chefe de sala (caso precise do documento)

Itens proibidos

Borracha e corretivo; Lápis e lapiseira; Caneta de material não transparente; Dispositivos eletrônicos (agenda, celular, tablet, pen drive, etc.); Fones de ouvido ou qualquer transmissor, gravador ou receptor de dados, imagens, vídeos e mensagens; Impressos e anotações; Livros e manuais.

Horário

A abertura dos portões será ao meio-dia e, às 13h, serão fechados, quando ninguém mais poderá entrar. A prova será realizada das 13h30 às 18h30.

Finalidade

O resultado do Enem é uma das etapas de acesso à Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e também pode ser usado para ingressar em outras instituições pelo país, por meio do Sisu, e em faculdades particulares, pelo Prouni.

Ver comentários