Notícia

Os transtornos da chuva de Norte a Sul do Espírito Santo

Boletim da Defesa Civil Estadual divulgado na tarde desta sexta-feira (9) mostra que diversos municípios tiveram prejuízos com a forte chuva que atinge o Estado desde a última segunda-feira (5)

Chuva forte provoca pontos de alagamentos no bairro Terra Vermelha, em Vila Velha
Chuva forte provoca pontos de alagamentos no bairro Terra Vermelha, em Vila Velha
Foto: Ricardo Medeiros

A forte chuva que atinge o Espírito Santo desde a última segunda-feira (5) trouxe transtornos para diversos municípios. De acordo com o boletim de Defesa Civil Estadual, divulgado às 16h30 desta sexta-feira (9), Aracruz, no Norte do Estado, nas últimas 24 horas, acumulou 183.67 mm de chuva.

Pelo menos 86 pessoas estavam desabrigadas e 95 desalojadas em todo o Estado, no total de 181 moradores. Mas na noite desta sexta, o número teve um aumento e foi 240, sendo 100 pessoas desabrigadas e 140 desalojadas, de acordo com a Defesa Civil Estadual.

No município, no bairro Morobá, 48 pessoas estão desabrigadas e foram instaladas provisoriamente na Escola Onório Nunes de Jesus, localizada no bairro. Ainda em Aracruz, houve alagamentos, deslizamentos e queda de muros no bairro Limão e em Cupido. Na encosta da ES 124, que liga Aracruz a Guaraná, no bairro Taquaral, houve deslizamento de terra e a metade de pista ficou interditada.

Leia também

Em Vitória, houve a queda de um muro na Praia do Canto e casos de deslizamentos de terra em São Pedro, Fradinhos e Santa Tereza. Na Ilha das Caieiras e Santo Antônio, um barranco desabou e atingiu um muro. No bairro Santa Tereza, uma pedra rolou e deixou 11 desabrigados. Na Capital, 27 pessoas estão desalojadas.

Em Viana, que acumulou 165.21 mm de chuva também nas últimas 24 horas, 25 pessoas estão desabrigadas. Em Cariacica houve rolamento de pedra, que atingiu uma empresa próximo à Rodovia do Contorno e duas pessoas ficaram feridas. Elas foram socorridas com lesões leves. 

Vila Velha registrou diversos pontos de alagamentos. Pelo menos duas residências foram interditadas. Duas árvores de grande porte correm o risco de cair e duas casas estão em observação no Morro da Boa Vista. Ao total, 32 famílias estão desalojadas.

Já em Ibiraçu, região Norte do Espírito Santo, o acesso ao Hospital Ibiraçu foi obstruído devido a danos na via, que foi ocasionado pela chuva. Também no município, 15 pessoas estão desalojadas e dois desabrigados. 

Em Santa Leopoldina árvores caíram sobre residências e rede elétrica. No Centro, um muro caiu. Já em Vargem Alta, a queda de um muro em Castelinho deixou um morador desalojado. Uma casa desabou também em Castelinho, mas não houve vítimas. Em Jaciguá, houve o rolamento de uma pequena pedra próximo a residências. 

Linhares também registrou queda de parede de uma residência devido à chuva. Oura casa também ficou danificada, no bairro Nova Esperança. O deslizamento de terra obstruiu parcialmente uma rua no bairro Centro. Ao total, oito moradores estão desalojadas no município.

Em Anchieta, um rio localizado em Jabaquara subiu e está sendo monitorado pela Defesa Civil Municipal. Duas famílias saíram das residências e foram inclusas no aluguel social.

Ver comentários