Notícia

Corpo de capixaba é encontrado no monte La Silla na Argentina

Segundo amigo da família do capixaba, informação foi repassada por equipes de socorristas que estiveram na região nesta sexta-feira (25)

Fabrício Amaral, 42 anos, estava acompanhado do escalador mineiro Leandro Iannotta, conhecido como Mr Bean
Fabrício Amaral, 42 anos, estava acompanhado do escalador mineiro Leandro Iannotta, conhecido como Mr Bean
Foto: Arquivo Pessoal

Os corpos do alpinista capixaba Fabrício Amaral, de 42 anos, que foi escalar o Monte Fitz Roy, na Argentina, junto do colega mineiro Leandro Iannota, conhecido como Mr. Bean, foram encontrados no final da tarde desta sexta-feira (25). A informação é de um amigo da família do capixaba, o bombeiro militar Fábio Fabre, que foi avisado por uma equipe de socorristas da região. A dupla estava desaparecida desde o dia 18 de janeiro. De acordo com Fabre, os corpos foram avistados por uma luneta utilizada pelos socorristas. 

"A hipótese é de que a tempestade os pegou pelo meio do caminho e eles não conseguiram retornar. Chegaram a subir, mas não chegaram ao cume, que é a parte mais alta da montanha. Resolveram descer porque seriam pegos pela tempestade", detalhou.

Fábio disse que ficou sabendo da notícia por volta das 16h30, e que entrou em contato com a família para passar a informação. "A família sofreu muito nos primeiros dias. Acredito que, agora, já é um alívio encontrá-los", completou. Fabre informou, ainda, que a dupla foi encontrada no monte La Silla, que antecede a subida do Fitz Roy.

Sobre o resgate dos corpos, Fabre informou que não há essa possibilidade. "Como eles estão na neve, é feito um platô de pedra em que os corpos são colocados deitados e são cobertos com pedra. A partir disto, é feita uma cerimônia local", completou.

A reportagem fez contato com uma familiar do alpinista capixaba, que confirma ter recebido a informação do amigo de Fabrício, Fabio Fabre, mas que, oficialmente, o consulado ainda não tinha informações sobre as mortes no monte argentino.

VEJA FOTO

Rota Franco-Argentina que os brasileiros pretendiam escalar
Rota Franco-Argentina que os brasileiros pretendiam escalar
Foto: Divulgação

Ver comentários