Notícia

Ex-aluno do Ifes devolve crucifixo furtado em 1969 em Vitória

Sem se identificar, o ex-aluno deixou uma carta, junto do crucifixo em perfeito estado, na portaria do Ifes, em Vitória, se dizendo arrependido e envergonhado

Crucifixo pego por um aluno em 1969 entregue no Ifes após quase 50 anos
Crucifixo pego por um aluno em 1969 entregue no Ifes após quase 50 anos
Foto: Reprodução internet

Há quase 50 anos um crucifixo que ficava na sala dos professores do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), em Vitória, sumiu sem deixar rastro. Nunca se soube quem retirou o objeto religioso de lá. Mas na última sexta-feira (4) ele foi devolvido na portaria do campus em Vitória, junto de uma carta que explicava o motivo da retirada e pedia desculpas.

O autor da "travessura" foi um ex-aluno, que não se identificou e preferiu deixar sua atitude no anonimato. No entanto, mesmo depois de tanto tempo, o objeto foi entregue em ótimo estado de conservação. Junto ao crucifixo foi deixada uma carta em que o autor do furto se diz "arrependido e envergonhado". 

De acordo com o diretor geral do Ifes campus Vitória, Hudson Luiz Côgo, ninguém viu o ex-aluno, mas embora a atitude dele no passado não tenha sido correta, a instituição reconheceu o ato de arrependimento e exaltou a atitude, mesmo depois de quase cinco décadas.

"A gente pouco sabe sobre o crucifixo. Não vimos quem o deixou na portaria, mas lemos a carta e percebemos que o crucifixo está intocado, essa pessoa cuidou dele com carinho. Foi uma atitude nobre dele, de devolver, porque a gente tem mais é que exaltar esse tipo de comportamento, encorajar o arrependimento", contou o diretor.

Ainda não foi definido onde o crucifixo será colocado, mas Côgo adianta que a instituição vai escolher um local para o objeto. "A sala em que este crucifixo ficava hoje não existe mais. Com o tempo, o prédio foi passando por mudanças, então não poderemos colocá-lo no seu local de origem. Mas iremos nos reunir para decidir em qual lugar vamos direcioná-lo",completa. 

A carta, publicada em rede social e diversas vezes compartilhada na internet, mostrou arrependimento do aluno que hoje, depois de quase 50 anos, já deve estar na terceira idade.

"À ETEFES atual Ifes

Em algum dia da segunda quinzena de setembro de 1969, ao deixar esta instituição, por apenas travessura, peguei este crucifixo que ficava na sala dos professores e levei como suvenir. Vez ou outra tive a intenção de devolvê-lo por arrependimento do ato injustificado, mas acabava não acontecendo por negligência, hoje decidi que deveria tomar esta decisão mesmo no anonimato, como no anonimato agi para que este crucifixo retorne para seu devido lugar. Peço perdão pelo lamentável ato. 

Arrependido e envergonhado.

Ex-aluno"

Ver comentários