Notícia

Abertura do carnaval com muito samba no pé

Escolas do Grupo de Acesso prometem fazer bonito no desfile

Integrantes da Mocidade da Praia, da Praia do Canto, Vitória, com a rainha da bateria, Adriana Bispo da Costa. Escola é a mais antiga do primeiro dia de desfiles
Integrantes da Mocidade da Praia, da Praia do Canto, Vitória, com a rainha da bateria, Adriana Bispo da Costa. Escola é a mais antiga do primeiro dia de desfiles
Foto: Marcelo Prest

Chegou a hora de começar a esquentar os tamborins! Falta pouco para as escolas de samba do Espírito Santo passarem pelo Sambão do Povo, em Vitória. E, no que depender das agremiações do Grupo de Acesso, os desfiles começarão com o pé direito e muito samba no primeiro dia de desfiles, 21 de fevereiro.

Depois de uma longa pausa, que ultrapassou 20 anos, as escolas Mocidade Serrana, Mocidade da Praia, União Jovem de Itacibá e Independente de Eucalipto voltaram a desfilar no ano passado. De lá para cá, a participação das comunidades está só crescendo e embelezando ainda mais as alas e alegorias das escolas.

A mais antiga delas é a Mocidade da Praia, que nasceu no bairro da Praia do Canto, em Vitória. O presidente da agremiação, Luciano de Paula, comemora a participação da comunidade.

“Desde que voltamos, a comunidade abraçou a escola. Temos muitos voluntários e se formou uma rede de colaboração pra deixar a escola como está”, afirma Luciano. Neste ano, o enredo da Mocidade da Praia é “Reza a lenda, surge a noite... Tem sonhos e delírios pelo ar”.

A escola, aliás, é conhecida de quem frequenta o Triângulo, reduto de barzinhos da Capital. Vez ou outra a bateria se apresenta por lá e anima os frequentadores.

Leia também

Em Cariacica, a União Jovem de Itacibá também conta com a colaboração da comunidade para vencer o desafio do orçamento limitado e colocar os carros na avenida.

Solange Pereira Assunção é diretora-geral da escola. Ela lembra que, antes de eles voltarem a desfilar, os moradores de Itacibá se juntavam para colocar um bloco na rua.

“Algumas pessoas da comunidade se juntaram para fazer pequenos desfiles nas ruas do bairro. Eles participam mesmo, desde eventos aos ensaios da bateria”, comemora Solange.

TRADIÇÃO

Fundada no bairro José de Anchieta, na Serra, a Mocidade Serrana hoje está de casa nova, no bairro Planalto Serrano. Querida pela comunidade, ela vai cantar na avenida as festas culturais da Serra. Então, prepare-se para ver o Congo, Folia de Reis e o banho de mar a fantasia de Manguinhos romperem os limites do município e brilharem no Sambão do Povo.

Já a aposta da Independente de Eucalipto, original de Maruípe, em Vitória, é em um enredo sobre Padre Cícero, figura famosa na cultura nordestina. “A comunidade sentiu falta quando paramos de desfilar, agora que voltamos, ela participa. Temos voluntários que ajudam como dá”, afirma o presidente da escola, Neno Bahia, que garantiu, ainda, que a agremiação tem se virado como pode para driblar o orçamento apertado e colocar um lindo desfile na avenida, no próximo dia 21.

“O orçamento é um problema, porque é pequeno. Mas a gente dá um jeito, se vira como pode. Damos o nosso melhor para o desfile ficar bonito”, garante.

ESCOLAS FAZEM ENSAIO TÉCNICO NO SAMBÃO DO POVO

As escolas de samba do Carnaval de Vitória estão fazendo os últimos ajustes para garantir o espetáculo na avenida. Para isso, o Sambão do Povo, em Vitória, está sendo palco dos ensaios técnicos essa semana.

A preparação começou ontem, mas se engana quem acha que as agremiações vão ao Sambão apenas para acertaros detalhes para o grande dia. Os ensaios técnicos viraram verdadeiros espetáculos nos últimos anos, com direito a fantasias especiais, produções de luxo de destaques e rainhas e as baterias tocando com toda garra, como se fosse o dia do desfile.

É justamente por isso que a Liga do Grupo Especial (Liesge) decidiu investir na iluminação e no som da avenida para os ensaios técnicos. A estrutura já está instalada no Sambão do Povo e vai ficar lá até os desfiles.

Antes, o povo do samba sofria com a falta de iluminação, sobretudo na altura da primeira cabine de jurados, e uma sonorização precária – problemas que agora prometem ser resolvidos com as novas instalações.

Os ensaios acontecem até o próximo sábado e são abertos ao público, ou seja, quem quiser ter uma prévia do que vai rolar nos dias 22 e 23 de fevereiro – quando acontece os desfiles oficiais do Grupo A e do Grupo Especial, respectivamente – no Sambão de Povo, é só chegar e se acomodar na arquibancada. Com tanta bateria entoando na avenida, o desafio é conseguir ficar parado. 

SAIBA MAIS

Fichas técnicas do grupo de acesso

Mocidade serrana

Fundação: 1980

De onde é: José de Anchieta, Serra

Samba enredo: Esquindô Iaiá, Esquindô Ioiô! A Serra canta sua cultura popular

Componentes: Cerca de 500

Alas: 13

Carros alegóricos: 2

Tripés: 1

Cores da escola: Roxo e amarelo

Mocidade da praia

Fundação: 1947

De onde é: Praia do Canto, Vitória

Samba enredo: Reza a lenda, surge a noite... Tem sonhos e delírios pelo ar

Componentes: 650

Alas: 14

Carros alegóricos: 1

Tripés: 2

Cores da escola: Azul e branco

Independente de eucalipto

Fundação: 1982

De onde é: Maruípe, Vitória

Samba enredo: Padre Cícero Romão - "O padim do Nordeste"

Componentes: 600

Alas: 15

Carros alegóricos: 1

Tripés: 2

Cores da escola: Azul e branco

União Jovem de Itacibá

Fundação: 1976

De onde é: Itacibá, Cariacica

Samba enredo: Rio de maravilhas, de janeiro a janeiro

Componentes: 800

Alas: 14

Carros alegóricos: 1

Tripés: 1

Cores da escola: Verde e branco

Ensaios Técnicos

programação

Hoje (12)

20h - Chegou o que Faltava

21h15 - Rosas de Ouro

22h30 - Boa Vista

Amanhã (13)

20h - Chega Mais

21h15 - Tradição Serrana

22h30 - Jucutuquara

Quinta-feira (14)

20h - Barreiros

21h15 - Pega no Samba

22h30 - Novo Império

Sábado (16)

20h - São Torquato

21h15 - Piedade

22h30 - MUG

Desfiles

 

 

CARNAVAL DE VITÓRIA

21 de fevereiro (Quinta-feira)

Mocidade Serrana

Mocidade da Praia

União Jovem de Itacibá

Independente de Eucalipto

22 de fevereiro (sexta-feira)

Andaraí

Barreiros

Rosas de Ouro

Independente de São Torquato

Chega Mais

Tradição Serrana

Chegou o que Faltava

Império de Fátima

23 de fevereiro (sábado)

Imperatriz do Forte

Piedade

Mocidade Unida da Glória (MUG)

Pega no Samba

Boa Vista

Novo Império

Jucutuquara

 

 

Ver comentários