Notícia

Por que as águas das praias do Sul do ES são mais claras que as do Norte?

O vento está entre as explicações do especialista entrevistado pelo Gazeta Online

As curvas da Praia da Costa, em Vila Velha. Próximo à pedra, banhistas aproveitam as águas calmas
As curvas da Praia da Costa, em Vila Velha. Próximo à pedra, banhistas aproveitam as águas calmas
Foto: Secundo Rezende/Drone

Se você curte praia e conhece minimamente o Estado do Espírito Santo vai saber que há algumas diferenciações na coloração das águas que banham o litoral capixaba. Falando de um grosso modo, as praias ao Sul possuem uma água mais clara e as do Norte uma cor um pouco mais escura. Mas por que isso acontece?

Para responder essa pergunta, o Gazeta Online conversou com o professor e coordenador do curso de oceanografia da Ufes, Agnaldo Martins. E a explicação tem muito a ver com os ventos. 

Água cristalina em praia de Vitória encanta internauta; assista

Praia de Guriri, em São Mateus
Praia de Guriri, em São Mateus
Foto: Bernardo Coutinho

"Existem fatores que afetam a coloração da água. Um é o vento, tanto a direção deste com sua intensidade vão influenciar na cor, porque quando o vento agita a água ele levanta aquele material que fica depositado no fundo do mar. É preciso medir também o tempo que o vento sopra. A direção do vento influencia também porque dependendo para onde o vento está soprando ele pode ajudar a afundar ou suspender esse material", explica. 

Nas praias mais ao Norte do Estado, como Regência, em Linhares, Guriri, em São Mateus e Conceição da Barra, a cor da água é mais escura devido ainda a outro fator.

"Quando há uma proximidade da foz dos rios, eles também influenciam nessa coloração, porque o rio naturalmente já tem uma água mais escura e eles também trazem muito material suspenso porque ele vai lavando a terra, nas margens, até desaguar no mar."

'Caribe Capixaba': imagens de drone mostram as belezas de Urussuquara

Guarapari, por exemplo, o balneário mais famoso do Estado, tem águas mais claras. Além do vento que favorece tal cor, a natureza também ajuda, como detalha o professor.

"As baías e formações rochosas também ajudam a dificultar a passagem do vento, deixando a praia mais protegida. Lugares que têm uma areia mais grossa no fundo provavelmente vão ter a água mais clara porque é mais difícil de o vento levantar esse material que está no fundo do mar e trazê-lo para a superfície", acrescenta. 

No verão a água fica mais bonita?

"No verão dá impressão que a água está mais clara porque a direção do vento que a gente tem no verão favorece a descida da água. É um vento que traz as águas do mar aberto para a costa e elas tendem a afundar esse material que está na parte de cima do mar. Já no inverno é contrário. O vento sopra da terra para o mar e esse movimento faz o material que está no fundo do mar subir para a superfície", esclarece Agnaldo Martins.

Água "quente" e água fria

"Até a região centro-sul do Espírito Santo a gente tem uma influência da mistura de uma água mais profunda, que é chamada água central do Atlântico Sul, que geralmente está abaixo de 200 metros de profundidade, mas existem algumas forças físicas por causa dos ventos que ocorrem ao sul do Espírito Santo e Norte do Rio de Janeiro, é o caso de Cabo Frio, onde essa água sobe. Aqui não fica muito gelado como Cabo Frio, mas fica frio. E no Norte do Espírito Santo essa água fria não chega, por isso lá as águas possuem uma temperatura mais elevada", finaliza Agnaldo Martins. 

Ver comentários