Notícia

Seis pessoas recebem órgãos de jovem que morreu após acidente no ES

Atualmente, o Espírito Santo tem 1.109 pessoas na fila de espera por um transplante de órgãos, segundo a Central Estadual de Transplantes do Estado

Órgãos são transportados em helicóptero na Notaer no Espírito Santo
Órgãos são transportados em helicóptero na Notaer no Espírito Santo
Foto: Divulgação | SESA

Seis pessoas tiveram as esperanças renovadas e um motivo para recomeçar após receberem a doação de órgãos no Espírito Santo. Coração, fígado, rins e córneas foram cedidos pela família de um jovem de 25 anos que teve morte encefálica confirmada neste sábado (09), após sofrer um acidente de moto.

Entretanto, para o êxito do processo de doação e transplante, é primordial a integração, empenho e agilidade da equipe responsável por operar os pacientes e transportar os órgãos. De acordo com a coordenadora da Central de Transplantes do Estado, Maria Machado, a cirurgia de coração, por exemplo, deve ser realizada em até 4 horas depois da retirada.

Leia também

“O transplante de coração deve ocorrer em até 4 horas entre a retirada do doador e o transplante no receptor, por isso o apoio e o transporte são tão importantes. Queremos agradecer à família doadora por este ‘sim’ e a toda equipe que atuou neste processo”, disse.

Os órgãos foram levados pelo helicóptero do Núcleo de Operações e Transporte Aéreo (Notaer) e encaminhados ao Centro Transplantador de Referência do Hospital Meridional, em Cariacica.

VEJA FOTOS

FILA DE ESPERA

Atualmente, o Espírito Santo tem 1.109 pessoas na fila de espera por um transplante de órgãos, segundo a Central Estadual de Transplantes do Estado. Desse total, 915 aguardam por um rim. Outras 147 possuem a expectativa de receber córneas, 42 precisam de fígado e 5 de coração.

Ver comentários