Notícia

Serra terá sistema de compartilhamento de bicicletas

Serão inicialmente 200 unidades espalhadas por 20 estações em quatro bairros

Uma das estações do Bike Vitória fica localizada no início da orla de Camburi
Uma das estações do Bike Vitória fica localizada no início da orla de Camburi
Foto: Guilherme Ferrari | Arquivo

O serviço de bicicleta compartilhada vai ser ampliado na Grande Vitória. Depois da Capital e de Vila Velha, o município da Serra passará a contar com 200 unidades do veículo com a perspectiva de melhorar a mobilidade. A previsão é que o Bike Serra entre em funcionamento em até 30 dias. 

O contrato com a empresa Serttel - a mesma que opera em Vitória - foi assinado na sexta-feira (15) pelo prefeito Audifax Barcelos e prevê a instalação de 20 estações distribuídas pelos bairros Jardim Atlântico, Colina de Laranjeiras, Portal de Jacaraípe e Morada de Laranjeiras.

> Para economizar com gasolina, capixabas aderem às bicicletas motorizadas

Os locais foram escolhidos, segundo a assessoria da prefeitura, por estarem ligados à rede cicloviária da Serra, que hoje dispõe de 57 quilômetros de pista.

As estações estarão nas principais avenidas desses bairros, tais como Talma Rodrigues Ribeiro, Norte-Sul e Eudes Scherrer, bem como em locais de grande circulação, a exemplo do Parque da Cidade.

> Patinetes elétricos e bicicletas dockless chegam a Vitória

Ao Gazeta Online, a secretária de Desenvolvimento Urbano da Serra, Mirian Soprani, explicou que o compartilhamento de bicicletas vai facilitar a locomoção da cidadãos pelo município. "Por exemplo, na região de Laranjeiras, a pessoa se desloca até o terminal. A partir dali, ela pode se deslocar para dentro do comércio de Laranjeiras, ou se mora na região, ela pode se deslocar até em casa, com o uso de bicicleta, sem ter que aguardar outro ônibus", disse. 

VALOR

Haverá quatro planos para uso: diário, semanal, mensal e anual. Os valores não foram informados, mas, ainda segundo a assessoria, serão compatíveis com os já cobrados nos outros municípios da Grande Vitória. Na Capital, o passe de um dia é R$ 6,70; de um mês, R$ 13,40; e de um ano, R$ 83,75.

Leia também

A liberação para o uso das bicicletas será feita por meio de aplicativo para celular, que ainda vai ser disponibilizado pela Serttel.

O contrato prevê que o sistema fique em operação diariamente, das 5 às 23h, embora a devolução das bicicletas possa ser feita até a meia-noite.

As 200 bicicletas serão divididas por categorias. Para adultos, vão ter câmbio manual com três marchas, freios dianteiros e traseiros, retrovisor do lado esquerdo, campainha sonora e chip de rastreamento.

Já as de uso infantil poderão ser utilizadas por crianças de até dez anos, com altura de até 1,5 metro, e rodinhas laterais retráteis. Do total de bicicletas, 2% vão ser adaptadas a pessoas com deficiência.

Ver comentários