Notícia

Movimento intenso no Aeroporto na véspera do feriado

No entanto, os passageiros com bilhetes comprados na companhia aérea Avianca continuam enfrentando problemas em Vitória.

Saguão da sala de embarque do novo Aeroporto de Vitória
Saguão da sala de embarque do novo Aeroporto de Vitória
Foto: Vitor Jubini - 24/04/2019

Na véspera do feriado, que para muitos vai ser prolongado no Espirito Santo - com o dia de Nossa Senhora da Penha na segunda-feira (29) e do Trabalho na quarta (01), o Aeroporto de Vitoria já começou a registrar um fluxo maior de passageiros nesta sexta (26).

De acordo com a Infraero, entre 29/04 e 02/05, 35.693 passageiros devem passar pelo terminal, em decorrência do feriado prolongado. O número é 15% maior do que a movimentação registrada em 2018, de 30/04 a 03/05, quando 31.038 passageiros passaram pelo Aeroporto da Capital.

Para aproveitar melhor a folga, algumas pessoas resolveram se antecipar e ja viajar nesta sexta-feira. É o caso da professora Rosangela Lopes, 58, que vai para o Rio de Janeiro descansar com a família.

“Ver a família, ficar com os meus netos, curtir um pouquinho, aproveitar a minha mãe. E realmente ficar junto com a família, buscar energia”, disse.

Mas nem para todos o feriado é só de descanso. O mercadólogo Erico Alexandre, 38, vai viajar a trabalho para Balneário Camboriú, em Santa Catarina. No entanto, ele afirma que também vai aproveitar para se divertir.

“Vou a trabalho, mas o nosso trabalho permite nos divertimos um pouco. Então, vamos conciliar os dois”, completou.

Problemas

Passageiros com bilhetes comprados na companhia aérea Avianca continuam enfrentando problemas em Vitória. Em recuperação judicial, a empresa já cancelou mais de 1000 voos, incluindo trechos que saem da capital capixaba.

A bancária Danila Fiebig e família: dificuldade para embarcar em voo da Avianca
A bancária Danila Fiebig e família: dificuldade para embarcar em voo da Avianca
Foto: José Carlos Schaeffer

Isso atrapalhou os planos da bancária Danila Fiebig e família, que tiveram dificuldade para resolver o problema do voo cancelado nesta sexta-feira. Eles chegaram ao aeroporto 5h antes do horário do voo para tentar resolver a situação.

“Quando chegamos, não deram solução. somente uma opção de reembolso pelo site. Depois de muita insistência, nos colocaram numa lista de espera e estamos aqui aguardando. A gente quer viajar”, contou.

A nutricionista Amanda Ludovico, 21, passa por situação parecida. Junto com os pais, ela seguiria para São Paulo para fazer uma pós-graduação, na manhã deste sábado. No entanto, ainda sem uma definição, ela já calcula os prejuízos.

“Já está tudo pago, tudo certinho. Pode me dar prejuízo com certeza porque vou perder o primeiro módulo, não tem como ser refeito em outro dia, isso vai me prejudicar bastante”, explicou.

A nutricionista Amanda Ludovico também encontrou problemas para embarcar pela Avianca
A nutricionista Amanda Ludovico também encontrou problemas para embarcar pela Avianca
Foto: José Carlos Schaeffer

Procurada, a Avianca informou que lamenta os transtornos causados aos clientes em função do cancelamento pontual de alguns voos e informa que está se empenhando para minimizar o impacto na operação. Sobre os problemas enfrentados pelos usuários, disse ainda que cumpre a resolução 400 da Anac em relação aos passageiros com voos cancelados.

Ver comentários