Notícia

Vistoria encontra falhas na estrutura de pontes em Viana e Cariacica

Uma dessas pontes, que divide Cariacica e Viana, entre os bairros São Francisco e Vila Bethânia, chegou a ceder 30 cm com o tempo.

Estrutura cedeu em ponte que fica entre Viana e Cariacica
Estrutura cedeu em ponte que fica entre Viana e Cariacica
Foto: Bruno Fritz/ Divulgação Ales

Uma vistoria feita pela Associação Brasileira de Engenheiros Civis (Abenc) identificou falhas graves de estrutura em pontes e viadutos de Cariacica e Viana. Uma dessas pontes, que divide Cariacica e Viana, entre os bairros São Francisco e Vila Bethânia, chegou a ceder 30 cm com o tempo.

O grupo vistoriou também uma caixa d'água elevada em uma praça, de responsabilidade da Cesan, que fica no bairro São Francisco, em Cariacica e está sem uso, mas com estruturas danificadas que podem colocar em risco pedestres que passam próximos à ela.

A vistoria foi feita a pedido da Comissão de Infraestrutura da Assembleia Legislativa, que firmou um convênio com a associação no início de abril.

Segundo o presidente da comissão, deputado Marcelo Santos, a ponte entre Viana e Cariacica é a que mais necessita de intervenção porque a estrutura cedeu devido às chuvas e ao aumento de demanda. "Ela foi dimensionada na época, mais de 30, 40 anos para um número x de veículos. Isso aumentou em muito até porque as cidades cresceram", explica.

Membros da Abenc apontam que talvez saia mais em conta construir outra ponte. Outra ponte analisada foi o a que fica em cima do Rio Bubu, em Porto de Cariacica, que não tem passarela e nem guarda-corpo. O grupo também apontou falhas no viaduto localizado em cima da BR 101, no bairro Tabajara, que já foi tema de reportagem da CBN Vitória. A estrutura tem desplacamento e ferragens expostas.

Apesar da situação, o coordenador do grupo de trabalho e vice-presidente da Abenc-ES, Jaime Veiga, afirma que não há risco de desabamento das estruturas, mas que é preciso fazer intervenções o mais rápido possível.

"Risco de colapso imediato a gente não viu. Agora se não houver uma intervenção você leva a essa situação porque a estrutura está em ruínas. Ruína é o que? A estrutura deteriorada", alerta.

Procurado, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER-ES), responsável pela ponte sobre o rio Bubu e sobre a ponte entre viana e Cariacica, disse que já tem ciência dos problemas, por meio de recente vistoria das equipes, e está preparando a contratação de empresa para os reparos.

Já a Eco 101, responsável pelo viaduto, alegou que a Rodovia do Contorno estava sob responsabilidade do DNIT até junho de 2018, quando foi incorporada ao contrato da concessionária. A decisão autorizou a concessionária a elaborar projetos para a restauração do Contorno. Os projetos foram concluídos e encaminhados à agência para análise e aprovação.

Por nota, a Cesan afirmou que "não há risco de desabamento do reservatório de São Francisco em Cariacica. O reservatório está fora de operação, sem sobrecarga de água e foi isolado preventivamente para evitar acessos não autorizados. O equipamento é monitorado por técnicos da Cesan". Ainda segundo a Cesan, uma empresa está sendo contratada para fazer a demolição do reservatório e o edital foi publicado no dia 08 de abril deste ano. O resultado será divulgado no próximo dia 07 de maio. 

Ver comentários