Notícia

Espírito Santo registra mil acidentes com ciclistas por ano

Entre os anos de 2015 a 2017, foram registrados 3.166 acidentes; 48 pessoas morreram, segundo informações concentradas pelo Detran| ES

Detran-ES registrou um total de 3.166 acdentes envolvendo ciclistas em todo o Espírito Santo
Detran-ES registrou um total de 3.166 acdentes envolvendo ciclistas em todo o Espírito Santo
Foto: Renata Salvalaio

Em 2015, 2016 e 2017, o Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran-ES) registrou um total de 3.166 acidentes envolvendo ciclistas em todo o Estado. Deste número, 2.579 vítimas foram classificadas como parciais e 48 pessoas morreram — levando em conta o atendimento no local do acidente. 

> Empresária é presa após beber e atropelar universitária em Jacaraípe

Nesta sexta-feira (31), morreu a ciclista que foi atropelada por um ônibus em Vila Velha na última quarta. O acidente foi na Avenida Jerônimo Monteiro, no bairro Ataíde. Uma câmera registrou o momento exato em que o coletivo atinge a mulher. (veja vídeo abaixo)

O diretor-geral do Detran-ES, Givaldo Vieira, lamentou o ocorrido e reconheceu a vulnerabilidade da segurança dos pedestres e ciclistas no trânsito.

Recebemos a informação desse triste fato da morte dessa senhora em Vila Velha. Era um veículo grande que acabou a acertando. Vemos a fragilidade em que fica o ciclista disputando espaço no trânsito
Givaldo Vieira

De acordo com o diretor, segurança no trânsito não é uma questão fácil de trabalhar — principalmente nos últimos tempos. "Nesses tempos modernos de muita ansiedade, correria, pessoas sempre com pressa, estressadas... Isso está sendo carregado para o trânsito. Vemos muitas vezes o excesso de velocidade, a imprudência no volante, associados a um estresse. Isto faz com que as partes mais vulneráveis fiquem sob risco muito elevado", detalhou Givaldo.

> Rodovia José Sette passa a ter binário a partir da próxima terça (04)

Nesta sexta-feira (31), acaba a campanha Maio Amarelo, que consiste em alertar os condutores para riscos de acidentes de trânsito. A iniciativa do movimento foi em função do número de acidentes com gravidade no país.

Procuramos conscientizar o máximo nesses cinco meses de campanha. Hoje, por exemplo, fizemos ações simultâneas de abordagem educativa com motociclistas em 46 municípios, onde eles foram parados recebendo alertas sobre segurança
Givaldo Vieira

Givaldo explicou para a reportagem do Gazeta Online que o Detran tem como objetivo manter forte a parte educativa mas, fortalecer ainda mais a fiscalização no trânsito em conjunto com outros órgãos. "No entanto, por maior que sejam as politicas, agentes treinados, tecnologia... no final depende do comportamento de quem está atrás do volante. Isso é o que vai determinar o sucesso, o envolvimento da sociedade é o que vai trazer sucesso para um trânsito melhor", finalizou.

Ver comentários