Notícia

Gripe: mais de 220 mil pessoas não se vacinaram no Espírito Santo

OEstado está com uma cobertura vacinal de 812.976 pessoas. A meta é imunizar 1.036.563 pessoas.

Vacinação: imunização na rede pública protege contra três vírus de gripe
Vacinação: imunização na rede pública protege contra três vírus de gripe
Foto: Arquivo

Faltando uma semana para o fim da campanha nacional de vacinação contra a gripe, mais de 220 mil pessoas que fazem parte do grupo de risco ainda não se vacinaram no Espírito Santo. Para tentar alcançar um maior número de imunizados, algumas unidades de saúde e shoppings da Grande Vitória vão ofertar a vacina neste final de semana.

De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), até a última quarta-feira (22), o Estado estava com uma cobertura vacinal de 78,43%, com 812.976 pessoas imunizadas. A meta é imunizar 1.036.563 pessoas. Mesmo assim, o Espírito Santo é o segundo do país em cobertura vacinal, ficando atrás apenas do Amapá (88,07%).

Em Cariacica, Serra e Vila Velha, haverá vacinação neste final de semana nos shoppings. Em Cariacica, a vacinação acontece neste sábado (25) no Shopping Moxuara, das 10h às 18h. As unidades de saúde de Campo Verde, Vila Graúna, Porto de Santana, Nova Canaã, Santa Fé, Mucuri, Oriente e Cariacica Sede vão funcionar neste sábado e no dia 1º de junho, das 8h às 16h para vacinação.

Na Serra, a imunização acontece também neste sábado no Shopping MontSerrat, de 10h às 21h. Além disso, haverá vacinação nas unidades de saúde de São Marcos, Novo Horizonte, Feu Rosa, Serra-Sede e Serra Dourada, das 7h30 às 16h30.

Vila Velha já ultrapassou a meta de vacinação, com 90,09% do público-alvo. Mesmo assim, haverá vacinação neste final de semana nos Shoppings Boulevard, das 10h às 21h e no Praia da Costa, de 11h às 21h.

De acordo com o subsecretário de Saúde da Serra, Aldo Lugão, o município já imunizou 86.500 pessoas e a meta é chegar aos 100 mil. Segundo ele, as crianças tiveram baixa cobertura até o momento, por isso, ele pede que os responsáveis levem os filhos para se protegerem. “Essa é uma oportunidade para alertar os pais. Sabemos da importância da vacina, ela previne uma doença com potencial de gravidade e o melhor remédio ainda é a prevenção”, contou.

A terapeuta ocupacional Fernanda Rios já levou o filho João Pedro, 3 anos, para vacinar
A terapeuta ocupacional Fernanda Rios já levou o filho João Pedro, 3 anos, para vacinar
Foto: Patrícia Scalzer

A terapeuta ocupacional Fernanda Rios já levou o filho João Pedro, 3 anos, para vacinar. O marido dela é professor e também faz parte do público-alvo. Toda a família já está protegida. “Tão logo começa a campanha a gente já participa para não ficarmos desprotegidos”.

A campanha de vacinação termina no dia 31 de maio. De acordo com a Sesa, policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas foram os que menos procuraram os postos de saúde para se proteger da gripe (28,22%).

Ver comentários