Notícia

Homem morre após perder controle de moto esportiva em Vitória

Condutores que seguiam logo atrás do motociclista informaram que ele estava "cambaleando" antes de sofrer o acidente

Um bancário que pilotava uma moto esportiva morreu no final da manhã desta sexta-feira (24) após perder o controle do veículo na Avenida Beira-Mar, em Vitória, próximo a um atacado. Rafael Braga dos Santos, de 39 anos, morreu no local. A causa da morte ainda será investigada. 

> Acidente entre carros e moto mata duas pessoas na Terceira Ponte

Segundo informações de agentes da Guarda de Vitória, não há nenhuma marca de frenagem no local, uma curva, o que indica que a vítima pode ter perdido o controle da moto, uma Yamaha R3, placa QRG 3113. 

Condutores que seguiam logo atrás do motociclista informaram que ele estava "cambaleando" antes de sofrer o acidente. Após a queda da moto, o corpo parou perto do canteiro central da avenida.

A perícia da Polícia da Civil esteve no local e acredita que algumas marcas que existiam no meio-fio indicam que ele pode ter batido a cabeça no local. O capacete tinha marcas de terra, da grama do canteiro central. Na costela da vítima também havia algumas marcas, o que também pode indicar fraturas. 

Rafael Braga dos Santos, de 39 anos, morreu no local
Rafael Braga dos Santos, de 39 anos, morreu no local
Foto: Kaique Dias

O caso será investigado pela Delegacia de Delitos de Trânsito, para que as informações preliminares sejam confirmadas. O corpo foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória. Familiares estiveram no DLM, liberaram o corpo  e disseram que a causa da morte foi a batida. O bancário trabalhava em Jucutuquara,  bairro para onde os parentes acreditam que ele estivesse indo.

BATIDA EM PALMEIRA

A sargento Rosângela Simmer, supervisora do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, reafirmou a informação de testemunhas, que teriam visto o piloto ziguezagueando pela via até bater em uma palmeira no canteiro central da via.

"Testemunhas disseram que viram quando ele vinha ziguezagueando pela via e, de repente, bateu na palmeira do canteiro central. O Samu esteve no local e constatou o óbito, mas a gente não sabe se foi em decorrência do choque, se ele passou mal antes, isso quem vai ver é a perícia", explica.

> Acidente na BR 101 deixa motociclista ferido em Viana

A vítima tinha 39 anos e, segundo a Polícia Militar, o homem era funcionário da Caixa Econômica Federal. 

Ver comentários