Notícia

Mais de 46 mil já se inscreveram para o CNH Social

Essa é a primeira etapa do CNH Social, com 2,5 mil vagas. A segunda etapa será realizada em setembro

CNH Social: carteira de motorista de graça
CNH Social: carteira de motorista de graça
Foto: Gabriel Lordêllo

O CNH Social, programa do Governo do Estado que oferece carteiras de motorista de forma gratuita, já está com 46.242 pessoas inscritas nos primeiros sete dias de inscrição. A informação é do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-ES) e foi atualizada na manhã desta segunda-feira (13).

Neste ano serão apenas 10 dias para se cadastrar no processo seletivo durante a primeira etapa, que começou no dia 6 deste mês. O prazo final é a próxima quarta-feira (15). Em 2018 foram 30 dias de prazo para inscrição. Segundo o Detran-ES, nesse período, no ano passado, foram 49.506 inscritos no total.

> Tudo o que você precisa saber para tirar carteira de habilitação gratuita

Essa é a primeira etapa do CNH Social, com 2,5 mil vagas. A segunda etapa será realizada em setembro deste ano, com mais 2,5 mil vagas. Segundo o governador do Estado, Renato Casagrande, em quatro anos serão ofertadas 25 mil vagas, no total.

 

INSCRIÇÕES E CRITÉRIOS

As inscrições são feitas pelo site do Detran-ES (detran.es.gov.br). O candidato precisa estar inserido no Cadastro Único (CadÚnico), do Governo Federal, com inscrição feita até 15 de fevereiro. Também é necessário ter renda familiar de até dois salários-mínimos.

Quem se inscreveu no CadÚnico depois de 15 de fevereiro só conseguirá entrar na disputa por uma vaga no programa CNH Social na segunda etapa do programa, em setembro. O CadÚnico pode se feito no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de cada município.

DISTRIBUIÇÃO DAS VAGAS

Divisão de etapas: 2.500 vagas em maio e outras 2.500 em setembro

Primeira habilitação (categorias A e B): 2 mil vagas

Adição de categoria: mil vagas Mudança de categoria (D e E): 2 mil vagas

Deficientes: 250 das cinco mil vagas (5%) serão destinadas para pessoas com deficiência

> CNH Social: motoristas terão direito a cursos profissionalizantes

NOVIDADE: ESPERA AUTOMÁTICA

Uma novidade para a nova edição do programa é a criação de uma lista de espera automática durante o processo seletivo. Caso o candidato reprove ou desista do processo, outra pessoa, que está nessa fila, será chamada para preencher a vaga. O participante do programa tem direito a pelo menos uma reprovação durante o curso de formação na autoescola.

CURSOS PROFISSIONALIZANTES

A outra novidade do CNH Social é que quem participou da primeira etapa do processo em 2019 vai ter a chance de fazer cursos profissionalizantes para motoristas no segundo semestre.

"Aquele que conseguiu a carteira de motorista através do nosso programa vai ter a oportunidade de fazer um curso profissional para motorista de cargas perigosas ou ambulância, ou para motociclista, podendo conseguir emprego em função dessa habilitação", explicou Givaldo Vieira.

> Como tirar a CNH Social?

RESULTADO

O resultado com os selecionados para a 1ª etapa do CNH Social 2019 será disponibilizado no próximo dia 20 (segunda-feira), às 12h, também no site do Detran|ES.

HISTÓRICO 

De 2011 até o momento, 13.565 pessoas já foram beneficiadas no Espírito Santo pelo programa CNH Social, tanto na Grande Vitória quanto no interior.

PRA RESUMIR

Vagas oferecidas: 25 mil Valor investido: R$ 40 milhões

Total de vagas em 2019: 5 mil

Inscrições: site do Detran-ES

Período: 6 a 15 de maio Resultado: 20 de maio

Critério: Renda familiar de até dois salários-mínimos e estar inserido no CadÚnico

Ver comentários