Notícia

Moradores reclamam de abandono na orla de Santo Antônio

Segundo moradores, o tradicional bairro de Vitória sofre com pontos viciados de lixo, calçada quebrada, ciclovia com desnível e falta de guarda-corpo. Recentemente, uma idosa se acidentou por causa dos buracos

Orla de Santo Antônio, Vitória
Orla de Santo Antônio, Vitória
Foto: Patrícia Scalzer

Pontos viciados de lixo, calçada quebrada, ciclovia com desnível e falta de guarda-corpo. Esses são alguns dos problemas encontrados na orla de Santo Antônio, em Vitória, e relatados por quem frequenta o local. Na semana passada, uma idosa caiu e se machucou enquanto fazia a caminhada matinal.

Maria da Penha Pimentel, 71 anos, precisou ir para o hospital depois que se acidentou. Por pouco ela não fraturou a costela, por causa de buracos no calçadão. “Estava fazendo caminhada quando tropecei e caí. Caí de cara no chão, bati o peito, perdi a voz e machuquei embaixo da costela”.

Ainda de repouso, a aposentada contou que está com medo de voltar a fazer caminhada na região, segundo ela, uma outra idosa também se acidentou fazendo caminhada na Prainha de Santo Antônio.

O técnico de enfermagem Gabriel Ícaro também reclamou dos buracos na calçada. Ele disse que já presenciou uma pessoa caindo. “Teve uma senhora que caiu dias atrás, está muito difícil”, disse.

GUARDA CORPO E LIXO

Outro problema destacado por ele é a falta de guarda-corpo em partes da orla. Ele conta que muitas crianças brincam na região e, sem proteção, vão para a maré tomar banho. “Quando não tem o guarda-corpo elas vão para a maré. É um perigo, elas podem acabar se afogando”, afirmou.

A dona de casa Fabiana Costa reclamou dos pontos viciados de lixo. “Em toda orla há, pelo menos, três grandes pontos viciados de lixo. Não vemos a prefeitura fazendo a limpeza. Isso aqui está abandonado”, revelou.

O secretário executivo da Central de Serviços da Prefeitura de Vitória, Weverton Moraes, afirmou que uma equipe esteve no local nesta quinta e voltará nesta sexta-feira (28) para identificar os reparos que precisam ser feitos na região. “Vamos traçar esses pontos críticos de toda orla. Vamos refazer esses buracos, muitas vezes isso acontece devido ao tempo, chuva. Também vamos enviar uma equipe da fiscalização para localizar essas pessoas que jogam os resíduos em locais proibidos, mas também vamos fazer a limpeza", prometeu.

Moraes também destacou que a prefeitura licitou um contrato de manutenção de píeres e decks e a orla de Santo Antônio está incluída para troca de guarda-corpo danificado.

Ver comentários