Notícia

Mortes na BR 101: empresário dono de carreta continua foragido

Nesta quarta-feira (19) faz uma semana que o pedido de prisão contra Emmanuel Bersacola de Assis Costa foi decretado; a Sesp informou que polícia faz buscas por Vitória e pelo interior do Estado

Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp) divulgou uma foto de Emmanuel e afirmou que ele é procurado
Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp) divulgou uma foto de Emmanuel e afirmou que ele é procurado
Foto: Montagem | Gazeta

O empresário Emmanuel Bersacola de Assis Costa, dono de carreta que se envolveu em um grave acidente na noite de segunda-feira (10) em Chapada Grande, na BR 101, na Serra, continua foragido da polícia. Nesta quarta-feira (19) faz uma semana que o empresário dono da carreta teve o pedido de prisão decretado. O pedido foi decretado para o proprietário do veículo e para o motorista, Rodrigo Girardi, que já está no presídio.

A defesa de Emmanuel declarou na quinta-feira (13) passada que o empresário se entregaria naquele dia, mas ele segue foragido. Questionada pelo Gazeta Online, a Polícia Civil informou, por meio da Secretaria Estadual de Segurança Pública do Espírito Santo (Sesp-ES), que até o momento o caso segue sob investigação na Delegacia Especializada em Delitos de Trânsito. A reportagem tenta contato com o advogado Hocilon Rios que faz a defesa de Emmanuel, mas as ligações não são atendidas.

Ainda de acordo com a Sesp, pessoas foram intimadas e estão sendo ouvidas, inclusive a esposa do empresário foragido. Ela foi ouvida na condição de testemunha do fato. Além disto, diligências também estão em andamento na tentativa de localizar o investigado, tanto em Vitória quanto no interior do Espírito Santo.

Não podemos divulgar os locais onde a polícia está atuando, para não atrapalhar a tentativa de captura do suspeito. A Polícia Civil ressalta que tem um prazo para conclusão do inquérito, que está sendo respeitado
Parte de nota da Sesp

Emmanuel é apontado pela Polícia Civil como co-autor do crime de quatro homicídios dolosos.

AS VÍTIMAS

No acidente morreram Ozineto Francisco Rodrigues, de 38 anos, Danielli Martins, de 34 anos, Lucca Martins Rodrigues, de 1 ano e 4 meses. Gabriel Martins, de 11 anos, foi socorrido e encaminhado para o Hospital Infantil de Vitória, mas teve morte cerebral nesta segunda-feira (17).

Família morta em acidente voltava de viagem de férias. O filho mais velho sobreviveu
Família morta em acidente voltava de viagem de férias. O filho mais velho sobreviveu
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Os corpos foram velados na Igreja Assembleia de Deus Resgatai, em Viana. Já o sepultamento aconteceu no cemitério de Vila Bethânia, também no município, na tarde desta quarta-feira (12). Gabriel será sepultado nesta quinta-feira (20), no mesmo cemitério.

DELEGADO FALA SOBRE ACIDENTE

Ver comentários