Notícia

Mortes na BR 101: família de sobrevivente pede por doação de sangue

Gabriel continua internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Infantil de Vitória; as doações podem ser feitas em todos os hemocentros da Grande Vitória

Danielli grávida do Lucca, com o marido e o filho Gabriel, único que sobreviveu ao acidente
Danielli grávida do Lucca, com o marido e o filho Gabriel, único que sobreviveu ao acidente
Foto: Reprodução/Redes Sociais

A família do menino Gabriel Martins Rodrigues, de 11 anos, pede doações de sangue. O garoto é o único sobrevivente do acidente que matou a mãe, o pai e o irmão dele, na última segunda-feira (10), na BR 101, na Serra.

Gabriel continua internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Infantil de Vitória. Ele passou por uma cirurgia na barriga na quarta-feira (12) e pode passar por um novo procedimento na sexta-feira (14).

> A COBERTURA COMPLETA | Acidente com mortes na BR 101, na Serra

"Ele perdeu muito sangue na cirurgia e pode fazer novo procedimento cirúrgico na sexta feira. Mas ele está mais corado e estável. Os médicos permitiram ver ele nesta quarta-feira, mas ainda está sedado. Gabriel continua em observação", contou Sérgio Martins, primo da mãe de Gabriel. As doações podem ser feitas em todos os hemocentros da Grande Vitória.

Sérgio contou que as tias de Gabriel estiveram no hospital na tarde desta quarta-feira. Porém, o próximo boletim médico deve sair apenas no final da manhã desta sexta-feira. ""Ele ainda requer cuidados e sabemos que o quadro dele está evoluindo bem. Os médicos disseram que estão fazendo de tudo para o Gabriel voltar para o seio da família. Pedimos orações e também doações de sangue. Quem puder procurar uma clínica para doar nos centros de saúde que recebem essas doações", afirmou. 

 

Gabriel Martins Rodrigues foi o único que sobreviveu ao acidente na BR 101 na última segunda-feira (10)
Gabriel Martins Rodrigues foi o único que sobreviveu ao acidente na BR 101 na última segunda-feira (10)
Foto: Reprodução | Facebook

O ACIDENTE

Um acidente envolvendo um carro de passeio e uma carreta que transportava um bloco de granito deixou três mortos da mesma família na noite desta segunda-feira (10), em Chapada Grande, na BR 101, Serra. A ocorrência foi registrada por volta das 23h.

AS VÍTIMAS

Família morta em acidente voltava de viagem de férias. O filho mais velho sobreviveu
Família morta em acidente voltava de viagem de férias. O filho mais velho sobreviveu
Foto: Reprodução/Redes Sociais

No acidente morreram Ozineto Francisco Rodrigues, de 38 anos, Danielli Martins, de 34 anos, Lucca Martins Rodrigues, de 1 ano e 4 meses. Gabriel Martins, de 11 anos, foi socorrido e encaminhado para o Hospital Infantil de Vitória, onde permanece internado em estado grave. A família voltava de uma viagem que fizeram ao Nordeste.

Os corpos foram velados na Igreja Assembleia de Deus Resgatai, em Viana. Já o sepultamento aconteceu no cemitério de Vila Bethânia, também no município, na tarde desta quarta-feira (12).

MOTORISTA SE ENTREGOU À POLÍCIA

O motorista que conduzia a carreta envolvida no acidente que matou três pessoas da mesma família e deixou uma gravemente ferida se apresentou à polícia, na Delegacia de Delitos de Trânsito de Vitória, na tarde de quarta (12). Identificado como Rodrigo Girard, o motorista chegou acompanhado de dois advogados. Mais tarde, ele foi conduzido ao Centro de Triagem de Viana (CTV), onde permanece.

Momento em que o motorista Rodrigo Girard deixa o DML em Vitória e retorna para a Delegacia de Delitos de Trânsito de Vitória
Momento em que o motorista Rodrigo Girard deixa o DML em Vitória e retorna para a Delegacia de Delitos de Trânsito de Vitória
Foto: Ricardo Medeiros | GZ

Ver comentários