Notícia

Mortes na BR 101: mãe teve sonho com caixões e pediu para filho não viajar

Na noite desta segunda-feira (10), três pessoas da mesma família morreram em uma batida na BR 101. O filho mais velho do casal está em estado grave no hospital

Família morta em acidente voltava de férias no Nordeste. O filho mais velho, de 11 anos, sobreviveu
Família morta em acidente voltava de férias no Nordeste. O filho mais velho, de 11 anos, sobreviveu
Foto: Reprodução/Redes Sociais

A cada momento, a tragédia envolvendo uma família do bairro Canaã, em Viana - que morreu em um acidente na BR 101, na Serra, na noite desta segunda-feira (10) -, ganha contornos mais dramáticos.

Na manhã desta terça-feira (11), a concunhada de Danielli Martins, a empresária Victória Borges, 24 anos, que é casada com o irmão do Ozineto, contou um sonho que a sogra teve antes de a família viajar. 

>Mortes na BR 101: PRF encontra rebite com motorista de carreta

Segundo Victória, um dia antes da viagem, a mãe de Ozineto sonhou com quatro caixões e os mortos eram pessoas da família, mas não eram necessariamente o Ozineto, a esposa e o filho mais novo.

>Mortes na BR 101: criança foi salva por cinto de segurança, diz PRF

A empresária disse que ele acreditou no sonho profético da mãe e repreendeu o sonho. Ela explicou à reportagem que repreender é orar para que o sonho não acontecesse.

>Mortes na BR 101: carreta não tinha autorização para transportar granito

Mesmo assim, o filho viajou, pois era o sonho dele levar o bebê, de 1 anos e 4 meses, para poder participar da viagem. O menino nunca tinha viajado com eles.

>Relembre acidentes graves com carretas transportando granito na BR 101

Ainda de acordo com a cunhada, desde que eles viajaram, a mãe de Ozineto ficou muito apreensiva por conta do sonho que teve.

Ela recebeu a notícia da morte do filho, da nora e do neto e está em casa a base de remédios.

QUEM SÃO AS VÍTIMAS DO ACIDENTE

Danielli grávida do Lucca, com o marido e o filho Gabriel
Danielli grávida do Lucca, com o marido e o filho Gabriel
Foto: Reprodução/Redes Sociais

A família que morreu em um grave acidente na BR 101, na Serra, envolvendo um carro de passeio e uma carreta carregada com granito, estava viajando desde o dia 1° de junho. Segundo informações de parentes, eles voltavam de férias pelo Nordeste.

>Família morta em acidente na BR 101 voltava de férias no Nordeste

O casal fez contato com familiares no domingo (09) de manhã, dizendo que estava voltando para casa. A última postagem de Danielli em uma rede social também foi feita no domingo, com a localização de Praia de Japaratinga, em Alagoas.

Na imagem estavam ela e o filho menor, os dois morreram na batida, além do marido. O filho mais velho do casal está internado em estado grave no Hospital Infantil de Vitória.

Segundo um irmão de Danielli, a viagem ao Nordeste era um sonho dela.

> Mortes na BR 101: carreta não tinha autorização para transportar granito

NAMORO

Ainda de acordo com pessoas da família, o casal se conheceu quando começou a trabalhar em um parque aquático em Guarapari. Trabalhavam juntos e começaram a namorar até que se casaram.

> Relembre acidentes graves com carretas transportando granito na BR 101

SAMU

Ao saber da morta de Danielli, a irmã dela passou mal e precisou de atendimento médico do Samu.

> Mortes na BR 101: PRF encontra rebite com motorista de carreta

AS VÍTIMAS

- Ozineto Francisco Rodrigues, 38 anos, técnico de celular. Tinha uma loja de celulares em Canaã, Viana, onde a família morava. Ele é de Vila Velha, mas foi para Viana quando se casou.

- Danielli Martins, 34 anos, corretora de seguros, mãe de Lucca e Gabriel. 

- Lucca Martins Rodrigues, 1 ano e 4 meses, filho do casal. 

SOBREVIVENTE

- Gabriel Martins Rodrigues, 11 anos, está internado em estado grave. Ele é filho do casal. Segundo o tio, irmão de Danielli, Gabriel passou por uma cirurgia no estômago, está sedado e respirando com ajuda de aparelhos.