Notícia

Barreira de proteção na 3ª ponte ainda não tem data para ser instalada

O projeto já foi aprovado em consulta pública. O Governador afirma que a barreira será feita, mas não dá prazo para início das obras.

Terceira Ponte com nova proposta de barreira de proteção
Terceira Ponte com nova proposta de barreira de proteção
Foto: Divulgação/ANGATU

Após quase seis meses de aprovação em uma consulta pública, a barreira de proteção contra suicídios na Terceira Ponte ainda está só na promessa. O governador Renato Casagrande diz que não há previsão de prazo para início de obras. Ele, entretanto, garantiu que a estrutura será feita.

Há seis meses, uma votação popular, encerrada em 20 de janeiro, apontou que os capixabas escolheram o projeto “Estrutura lateral rebaixada em fibra de vidro”.

Além da barreira, Casagrande reforçou que o governo está estudando a possibilidade da implantação de uma ciclovia na Terceira Ponte.

> Deputados derrubam veto, e barreiras na 3ª Ponte se tornam obrigatórias

“Nosso esforço é para que haja uma ciclovia. Estamos tentando encontrar uma tecnologia e uma arquitetura que permita que um investimento na proteção e aproveite para incorporar uma ciclovia. Mas ainda não sabemos se será possível tecnicamente”, informou.

Casagrande disse que já há recurso para fazer a barreira. “Se conseguirmos incorporar a ciclovia, já temos recurso para os dois.” Por nota, a Secretaria de Obras Públicas destacou que não há prazo para a construção.

Ver comentários