Notícia

Erosão na Praia de Meaípe volta a preocupar moradores e comerciantes

Impacto das fortes ondas derrubaram parte do muro de contenção e abriram uma cratera na rua. Praias de Vila Velha e Vitória também enfrentam problemas

O comerciante Jailton Nascimento lamenta a erosão na praia de Meaípe, em Guarapari
O comerciante Jailton Nascimento lamenta a erosão na praia de Meaípe, em Guarapari
Foto: Eduardo Dias

“A praia de Meaípe acabou. Eu vi, mas os meus netos não vão ver”. Esse foi o desabafo do comerciante Jaílton Nascimento, de 67 anos, ao falar sobre os impactos da erosão em uma parte da Praia de Meaípe, em Guarapari. As fortes ondas dos últimos dias acertaram em cheio a região, causando destruição de parte de um muro de contenção da encosta e gerando preocupação para quem frequenta o local.

Um dos pontos altos da ressaca no mar da região aconteceu na última sexta-feira (19), quando algumas ruas foram invadidas pela água. A reportagem da rádio CBN Vitória foi até Meaípe, na manhã deste domingo (21), para ver de perto a situação. Em um dos locais mais afetados, uma parte do muro de contenção da calçada caiu, um enorme buraco foi formado e invadiu parte da rua. O buraco fica bem em frente ao restaurante do comerciante Jailton Nascimento, que reclamou da situação.

"Eu tenho 67 anos e nunca vi uma coisa dessa. O mar está avançando muito sobre a rua. Isso, para mim, é estranho. Se não acontecer uma obra rápida, nós vamos ficar sem rua", disse o comerciante.

Erosão na praia de Meaípe, em Guarapari
Erosão na praia de Meaípe, em Guarapari
Foto: Eduardo Dias

DONA DE QUIOSQUE REVELA PREOCUPAÇÃO

A poucos metros do restaurante de Jaílton, a comerciante Zelma Nascimento diz que sempre fica atenta aos alertas de ressaca emitidos pela Marinha do Brasil. Ela diz que sempre retira as mesas e cadeiras do calçadão para não ver os móveis levados pelas ondas do mar. Zelda mora em Meaípe há 57 e diz que o avanço do mar tem causado cada vez mais estragos.

"Para nós piorou. Quando o mar está agitando, a gente não pode trabalhar e nem colocar nada na praia, por causa da agitação. E gente perde, porque o turista não vem para Meaípe, com esse mar, não tem como vir", lamentou a comerciante.

A comerciante Zelda mora em Meaípe há 57 e diz que o avanço do mar tem causado cada vez mais estragos à região
A comerciante Zelda mora em Meaípe há 57 e diz que o avanço do mar tem causado cada vez mais estragos à região
Foto: Eduardo Dias

PROMESSA PARA INÍCIO DAS OBRAS

O gerente da Defesa Civil de Guarapari, Oldair Rossi, afirmou que as obras para reconstruir o muro da encosta e fechar o buraco que as ondas fizeram na rua serão iniciadas nesta segunda-feira. Segundo ele, as obras de pavimentação da orla de Meaípe também serão iniciadas nos próximos dias e ficarão prontas até o mês de dezembro - época que a região começa a receber uma grande quantidade de turistas.

Leia também

"A obra vai começar segunda-feira. Foi assinada a ordem de serviço para refazer o muro que caiu e vai fazer a revitalização da obra. O planejamento é fazer o muro de contenção, para não deixar a água subir e fazer a erosão. A segundo obra é o calçamento geral em cima, para não ter mais erosão", explicou o representante da prefeitura.

RESSACA DO MAR NA PONTA DA FRUTA

Já na cidade de Vila Velha, a ressaca dos últimos dias resultou em imagens impressionantes na praia da Ponta da Fruta. Apesar das ondas terem chegado na encosta, bem perto das casas e comércios, o local não tinha acúmulo de entulhos e sujeira na manhã deste domingo.

Apesar da situação normalizada em terra firme, a praia continuava com muitas ondas fortes, os pescadores não foram para alto-mar e os barcos estavam guardados.

Na praia da Ponta da Fruta, em Vila Velha, as ondas chegaram na encosta, mas o local não tinha acúmulo de entulhos e sujeira neste domingo.
Na praia da Ponta da Fruta, em Vila Velha, as ondas chegaram na encosta, mas o local não tinha acúmulo de entulhos e sujeira neste domingo.
Foto: Eduardo Dias

A prefeitura de Vila Velha informou que, apesar das fortes ondas, não foram registradas ocorrências na Ponta da Fruta, sem a necessidade de acionamento da Defesa Civil ou da Secretaria de Serviços Urbanos da cidade.

AVANÇO DO MAR NA CURVA DA JUREMA

Na manhã deste domingo, banhistas também registraram um grande avanço do mar na praia da Curva da Jurema, em Vitória, com a água chegando bem próximo de onde ficam os quiosques.

Ver comentários