Notícia

Motorista que atropelou e matou ciclista bebeu antes de dirigir

Rovane André Dutra, de 28 anos, descartou garrafas de cerveja após o acidente e tentou fugir, mas foi contido por populares

O motorista que atropelou um idoso de 65 anos na madrugada deste domingo (14), na Rodovia do Sol, em Riviera da Barra, Vila Velha, tinha ingerido bebida alcoólica, segundo a polícia. Rovane André Dutra, de 28 anos, descartou seis garrafas de cerveja e tentou fugir do local após o acidente, mas foi contido por populares.

O aposentado Dorvalino Boecker Rodrigues estava de bicicleta quando foi atingido pelo Chevrolet Cobalt conduzido por Rovane em alta velocidade. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Familiares contaram que o idoso recolhia materiais recicláveis para complementar a renda da casa, onde morava com a esposa.

Rovane é gerente de vendas e estava acompanhado de um primo no momento do atropelamento. De acordo com a Polícia Militar, o motorista trafegava em velocidade incompatível com a via no momento da colisão.

> "Perdi minha mãe num acidente e, agora, meu pai morre atropelado", diz filho de idoso que morreu na Rodovia do Sol

À Polícia Civil, o motorista contou que foi com a mulher e o filho até a casa de um primo em Riviera da Barra, em Vila Velha. O parente estaria saindo para comprar cerveja em um bar ao lado da residência, quando ele o teria chamado para comprar em outro lugar, na via principal do bairro.

Rovane André Dutra dirigia um Chevrolet Cobalt. Após o acidente, o motorista tentou fugir do local, mas foi impedido por populares
Rovane André Dutra dirigia um Chevrolet Cobalt. Após o acidente, o motorista tentou fugir do local, mas foi impedido por populares
Foto: Internauta

Ele relatou ainda que não voltou para a casa do primo após a compra porque queria dar uma volta com o veículo, que havia adquirido recentemente. No momento do acidente, o veículo estava na pista central da Rodovia do Sol e seguia para a pista lateral, quando o carro atingiu o ciclista, que também estava na pista lateral.

Ele disse que olhou se vinha algum veículo antes de passar para a pista lateral, verificando que a pista estava livre. Porém, ao olhar para frente se deparou com o ciclista atravessando a via e não conseguiu desviar a tempo.

Fuga

O motorista que provocou o acidente chegou a descartar seis garrafas de cerveja depois do atropelamento
O motorista que provocou o acidente chegou a descartar seis garrafas de cerveja depois do atropelamento
Foto: Internauta

Segundo a Polícia Militar, após Rovane atropelar o aposentado, ele chegou a sair e entrar diversas vezes desnorteado do veículo e com dificuldades de se equilibrar. Em seguida, tentou fugir do local, mas foi impedido pela população, que estava numa festa, na Avenida Álvaro de Azevedo, localizada no bairro de Riviera da Barra.

Ele chegou a descartar seis garrafas de cervejas antes de ser parado pela população, mas moradores viram e contaram o fato à polícia. Foram encontradas quatro garrafas fechadas e duas quebradas.

O motorista afirmou para a polícia que havia tomado cerveja antes de ir para a casa do primo, o que foi comprovado pelo teste do bafômetro.

Socorro

Segundo a Rodosol, concessionária que administra a via, o ciclista foi socorrido por uma equipe do Samu que passava pelo local naquele momento. Dorvalino não resistiu aos ferimentos e morreu antes de ser levado para o hospital.

O caso foi registrado na 2ª Delegacia Regional de Vila Velha. O motorista foi detido e autuado por homicídio culposo com qualificadora de embriaguez ao volante, não sendo possível pagar fiança. Ele será transferido nesta segunda-feira (15) para o Centro de Triagem de Viana.

Problemas na Rodovia do Sol

Leia também

O presidente da Federação Espírito Santense de Ciclismo, Sandro de Oliveira, relatou que os acidentes com ciclistas estão sendo recorrentes na Rodovia do Sol. Para ele, isso ocorre por ser uma via que se pode trafegar em alta velocidade, além da falta de ciclovia e campanhas educativas.

“É um lugar perigoso para pedalar que está fazendo muitas vítimas. Já solicitamos a Rodosol e ao poder público que realizem ciclovias e campanhas educativas. Isso ajudaria as pessoas que usam a via de bicicleta para trabalhar, aos atletas e ao cicloturismo”, pontua.

Para ele, as campanhas educativas são fundamentais para os motoristas e para os ciclistas, que devem sempre usar equipamentos de segurança, luzes na bicicleta e roupas claras para serem vistos.

Ver comentários