Notícia

Obra de ciclovia na Norte-Sul começa na segunda-feira

Intervenções serão em trecho de 1,2 km, na Serra, com previsão de conclusão em dezembro

Trecho da  Norte-Sul que receberá ciclovia vai da Avenida Braúna até o Terminal de Laranjeiras, em Civit II
Trecho da Norte-Sul que receberá ciclovia vai da Avenida Braúna até o Terminal de Laranjeiras, em Civit II
Foto: Google Maps

A obra para implantação de ciclovia e ciclofaixa na Avenida Norte-Sul, na Serra, começam na próxima segunda-feira. Ela irá do trecho da Avenida Braúna até a Avenida Eudes Scherrer de Souza, perto do Terminal de Laranjeiras, no bairro Civit II. A ordem de serviço foi assinada nesta sexta-feira (5) pelo governador do Estado, Renato Casagrande.

A previsão é que as intervenções no trecho de 1,2 quilômetros sejam concluídas em dezembro deste ano. Além da ciclovia, haverá também a implantação de dois pontos de ônibus. A obra será realizada através de um convênio assinado no ano passado entre o governo do Estado e a Prefeitura da Serra. O valor total será de R$ 2,2 milhões.

O secretário de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano, Marcus Vicente, garantiu que a obra começa na segunda-feira e explicou que muitas pessoas que circulam na região onde a ciclovia será implantada vão ser beneficiadas.

“A ciclovia vai ficar entre os bairros Civit II e Colina de Laranjeiras, com acesso direto ao Parque Residencial Laranjeiras. O local concentra cerca de 400 empresas de comércio, serviços e indústria”, explicou.

MAIS CICLOVIAS

Segundo o governador Renato Casagrande o objetivo da obra é dar mais segurança e alternativa de mobilidade para o cidadão. Ele ressaltou ainda que qualquer obra viária realizada pelo governo do Estado passará a contar com uma ciclovia.

“Isso é uma determinação minha para o DER-ES (Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Espírito Santo)e para a Sedurb (Secretaria de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano) para que possamos aumentar o número de quilômetros de ciclovia e integrá-las com as existentes”, disse.

Leia também

O governador informou que há previsão de mais duas ciclovias para a Serra. No entanto, ele não deu prazo para a assinatura do convênio. Uma delas será entre os bairros de Fátima e Laranjeiras, e a outra entre a Avenida Civit e Castelândia, com acesso ao Terminal de Jacaraípe.

SEM PRAZO PARA INSTALAR BARREIRA NA 3ª PONTE

Após quase seis meses de aprovação em uma consulta pública, a barreira de proteção contra suicídios na Terceira Ponte ainda está só na promessa. O governador Renato Casagrande diz que não há previsão de prazo para início de obras. Ele, entretanto, garantiu que a estrutura será feita.

Há seis meses, uma votação popular, encerrada em 20 de janeiro, apontou que os capixabas escolheram o projeto “Estrutura lateral rebaixada em fibra de vidro”.

Além da barreira, Casagrande reforçou que o governo está estudando a possibilidade da implantação de uma ciclovia na Terceira Ponte.

“Nosso esforço é para que haja uma ciclovia. Estamos tentando encontrar uma tecnologia e uma arquitetura que permita que um investimento na proteção e aproveite para incorporar uma ciclovia. Mas ainda não sabemos se será possível tecnicamente”, informou.

Casagrande disse que já há recurso para fazer a barreira. “Se conseguirmos incorporar a ciclovia, já temos recurso para os dois.” Por nota, a Secretaria de Obras Públicas destacou que não há prazo para a construção.

Ver comentários