Notícia

Rodoviários protestam nas ruas de Vitória contra ônibus sem cobrador

Grupo seguiu em passeata pela Avenida Vitória até o Palácio Anchieta. Outra manifestação está marcada para a próxima quarta-feira (03)

Os rodoviários realizaram na manhã desta segunda-feira (01) uma manifestação contra os novos ônibus Transcol com ar-condicionado que não terão cobradores. Um grupo de manifestantes seguiu em passeata pela Avenida Vitória até o Palácio Anchieta. A manifestação terminou por volta das 10 horas.

Durante a manifestação, as faixas da direita e a faixa central permaneceram ocupadas e apenas a faixa da esquerda foi liberada para a passagem de veículos. Os ônibus continuaram circulando, mas seguiram devagar atrás da passeata. Por causa da demora e do atraso, muitos passageiros optaram por descer dos coletivos e terminar o trajeto a pé, como a advogada Luana Vital.

"O ônibus andou cerca de 200 metros em um período de 40 minutos, então decidi descer. Lutar pelos nossos direitos nós sempre temos, desde que não interfira no direito dos outros", disse. 

Passageiros aguardam ônibus que seguem atrasados devido à manifestação
Passageiros aguardam ônibus que seguem atrasados devido à manifestação
Foto: Eduardo Dias

Os rodoviários temem demissões, já que os novos ônibus, que somente aceitarão passageiros com cartão do Bilhete Único, dispensam a presença de cobradores. Em nota na última semana, a Secretaria de Estado dos Transportes e Obra Públicas esclareceu que não haverá demissões e que os funcionários passarão a exercer novas funções na empresa. 

O presidente do Sindirodoviários, José Carlos Sales, também destacou prejuízos no atendimento aos passageiros, principalmente aos portadores de deficiência física. Sem o cobrador, o motorista vai ter que parar o ônibus, desligar, descer do coletivo e embarcar o cadeirantes. "O cobrador é treinado para isso, ele desce, coloca o passageiro, passa o cinto de segurança e repete isso para retirá-lo do coletivo", disse.

NOVA MANIFESTAÇÃO

Os rodoviários marcaram nova manifestação para esta quarta-feira (03) às 16h. Os manifestantes vão se reunir no mesmo local e farão o mesmo trajeto até o Palácio Anchieta.

ROTA

Ao Gazeta Online, o presidente do Sindirodoviários, José Carlos Sales Cardoso, contou que os manifestantes vão passar pela Avenida Vitória, seguindo pela Curva do Saldanha, passando Avenida Princesa Isabel, com chegada ao Palácio Anchieta, onde será o ponto final da passeata.

Ver comentários