Notícia

Correnteza de lixo impressiona em Vila Velha

Imagens foram registradas por um morador nesta quarta-feira na região de Cobilândia

A quantidade de lixo recolhida nos canais situados em Cobilândia, Vila Velha, nesta quarta-feira (07), impressionou quem passou pela região. Um vídeo enviado ao Gazeta Online mostra sacolas, cascas de coco, restos de madeira, garrafas pets, galhos e, principalmente, lixo doméstico lançados no canal. Entre os itens havia até um capacete de motociclista.

De acordo com a Prefeitura de Vila Velha, foram recolhidas 5 toneladas de lixo. Em dia de chuva a quantidade é maior. A preocupação de técnicos da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsu) é que o lixo descartado de forma irregular chegue aos canais que cortam a cidade e prejudique a vazão das águas, por consequência o funcionamento dos equipamentos de drenagem (bombas).

O município conta com três estações de bombeamento do canal de Guaranhuns, do Sitio Batalha, no Centro, e do Canal da Costa. As três são monitoradas diariamente e são promovidas manutenções das redes pluviais, limpeza dos bueiros e bocas de lobo das vias públicas. Elas, inclusive, são acionados automaticamente assim que a Defesa Civil emite alerta de chuvas para o município.

O secretário municipal de Obras, Luiz Otávio Machado, pede a colaboração da população. “É importante que todos tenhamos consciência de que o lixo jogado nas vias públicas vai parar nos canais que cortam a cidade. Isto atrapalha a drenagem das águas e consequentemente alguns pontos da cidade ficam alagados”, explicou.

Lixo recolhido em canais da região de Cobilândia
Lixo recolhido em canais da região de Cobilândia
Foto: Divulgação

CATA-MÓVEIS

Além de lixo, o que pode dificultar a vão nos canais é o descarte irregular de móveis. Em dias de fortes chuvas, partes deles podem parar nos bueiros. Para evitar este transtorno, a Prefeitura Municipal disponibiliza o serviço de Cata-móveis, no qual ocorre o recolhimento gratuito, inclusive de eletrodomésticos usados. Após triagem e consertos, eles são doados para famílias carentes da cidade.

Para acionar o serviço, basta ligar para o telefone 162. Um caminhão vai até a casa do cidadão, no dia e horário agendados para o recolhimento. A equipe não entra no domicilio. Os móveis e eletrodomésticos deverão estar localizados na varanda ou na calçada na hora marcada para entrega. O serviço é gratuito.

Com informações da Prefeitura de Vila Velha

 

 

Ver comentários