Gazeta Entrevista #3

De Vitória à Globo: a história espetacular da capixaba Bárbara Coelho

Bárbara conta como conseguiu se tornar apresentadora do Esporte Espetacular, os preparativos para o casamento e se emociona ao falar do pai, que faleceu sem ver a filha no auge da carreira

Laila Magesk

Publicado em 02/08/2019 às 10h50

Nem todos que veem a apresentadora do Esporte Espetacular, aos domingos, na TV Globo, sabem que a Bárbara Coelho, 31 anos, é capixaba. Natural de Vitória, no Espírito Santo, a jornalista trilhou um caminho duro para chegar ao programa, substituindo Fernanda Gentil, que seguiu outro rumo na carreira no final de 2018. Com um ventilador e uma TV debaixo do braço, ela saiu de Vitória, de ônibus, em 2010, e foi atrás do sonho no Rio de Janeiro. 

Simples desde o primeiro contato, Bárbara se encontrou com a reportagem do Gazeta Online na Praia de Camburi, logo após o término da Copa América, quando passava uns dias de folga com a família na Capital do ES. Ela é a terceira entrevistada do novo quadro do portal, o Gazeta Entrevista.

Gazeta Entrevista #1 

Mãe de Théo pede e reencontra filho em sonho: "Me deu um beijo, foi lindo"

Na conversa, não faltaram ótimas histórias, como a época difícil em que ela precisava escolher entre o almoço e o jantar. "Era o almoço ou a janta mesmo. O almoço, às vezes, era um um 'miojão'. À noite que eu comia em um restaurantezinho, onde eu pudesse comer um arroz e um feijão, que não me onerasse tanto, porque a gente não tinha grana para me manter no Rio", lembra.

Gazeta Entrevista #2 

4 anos de crime em terminal: um sonho, o assassinato e a revelação no DML

A capixaba se emocionou ao falar do pai, seu grande incentivador, que morreu em 2012, sem presenciar o sucesso da filha. Também relembrou a venda do carro para cobrir a Copa do Mundo na África, em 2010, e outros detalhes da trajetória até a apresentação do programa, com 45 anos de história.

Além da carreira, Bárbara comentou os preparativos do casamento em outubro deste ano no Rio de Janeiro.