Notícia

Mesmo com greve dos rodoviários, escolas e faculdades mantêm aulas

As redes públicas municipais e Estadual mantiveram as atividades nesta segunda-feira (11), prometendo reposição para os alunos que não conseguirem chegar

Ônibus parados por conta da greve na garagem da Viação Nova, em São Francisco, Cariacica.
Ônibus parados por conta da greve na garagem da Viação Nova, em São Francisco, Cariacica.
Foto: Fernando Madeira

Os efeitos da paralisação dos rodoviários na manhã desta segunda-feira (12) são sentidos em vários setores dos municípios da Grande Vitória, inclusive na educação.  Apesar dos transtornos causados para a população, as aulas nas escolas das redes públicas municipais e Estadual e nas faculdades ouvidas pelo Gazeta Online não foram suspensas, mas há possibilidade de reposição.

> Fotojornalismo: as imagens da greve dos rodoviários na Grande Vitória

ESCOLAS MUNICIPAIS

CARIACICA

A Secretaria Municipal de Educação (Seme) informou que as escolas de Cariacica estão funcionando de

Leia também

maneira parcial, mas as

aulas

foram mantidas com a finalidade de cumprir o dia letivo. As atividades que não forem dadas serão repostas. À tarde, se os ônibus não voltarem a circular, o procedimento será o mesmo.

VILA VELHA

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação (Semed) as aulas são realizadas normalmente, já que no município os alunos são matriculados em unidades próximas às suas residências. Mas, há profissionais que atuam nas unidades que moram longe dos locais. Caso haja algum prejuízo letivo, a Semed garante a reposição das atividades , sem prejuízos aos funcionários e principalmente aos estudantes.

VITÓRIA

A Secretaria Municipal de Educação informou que as unidades de ensino da Capital estão funcionando. Caso haja alterações, as aulas serão respostas dentro do calendário escolar de cada unidade.

SERRA

Todas as escolas estão abertas. 

 

ESCOLAS ESTADUAIS

A Secretaria de Estado da Educação (Sedu) informa que as aulas estão mantidas na rede estadual, havendo necessidade será feita reposição do calendário letivo.

FACULDADES

UFES

Em função da paralisação dos rodoviários nesta segunda-feira (12), a Administração Central da Ufes orienta que os estudantes que não conseguirem comparecer às aulas procurem os professores posteriormente para verificar a necessidade de reposição.

Também por conta da paralisação, o Departamento de Gestão de Restaurantes da Ufes comunica que não haverá fornecimento de refeições nos restaurantes universitários (RU) nos campi de Goiabeiras e de Maruípe, uma vez que a mobilização impossibilitou a chegada dos funcionários da equipe ao local de trabalho.

Nos campi de Alegre e São Mateus o funcionamento dos restaurantes universitários será normal.

EMESCAM

A Emescam informa que as aulas estão mantidas. Os alunos que não conseguirem chegar, em virtude da redução de ônibus, não serão prejudicados.

ESTÁCIO

A Faculdade Estácio informa que as atividades da parte da manhã estão mantidas. Na parte da tarde, às 15 horas, vai avaliar situação para definir como ficam as atividades do período noturno.

MULTIVIX

As aulas do período matutino da Faculdade Multivix estão mantidas, porém, sem prejuízos para quem não conseguir chegar por conta da greve de ônibus. A instituição acompanha a situação durante o dia para tomar uma decisão sobre o período noturno.

UVV

A Universidade Vila Velha informa que as aulas também estão mantidas. Os alunos que não conseguirem chegar, não serão prejudicados. Em caso de dúvidas os estudantes devem entrar em contato com a coordenação de seu curso.

OUTRAS

O Gazeta Online também entrou em contato com à Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), Faculdade de Direito de Vitória (FDV) e Católica de Vitória para saber se as aulas estão mantidas e se haverá prejuízo para os estudantes, mas até o momento não houve retorno dessas instituições. Em caso de posicionamento das mesmas, eles serão incluídos nesta matéria.

Ver comentários