Notícia

Os projetos do governo federal para Cariacica além da segurança

Uma das iniciativas será a construção da Casa da Mulher, um espaço onde será possível tanto registrar um boletim de ocorrência quanto pedir abrigo

Violência contra mulher: crime será alvo de vários projetos em Cariacica
Violência contra mulher: crime será alvo de vários projetos em Cariacica
Foto: Marcos Santos/USP

A chegada da Força Nacional a Cariacica é apenas uma das estratégias do programa nacional de Enfrentamento à Criminalidade Violenta para diminuir os indicadores negativos. Há também uma série de iniciativas que formam uma rede de apoio às mulheres vítimas de violência no município. 

Entre as ações previstas está a construção da Casa da Mulher, um lugar que será referência para as que forem vítimas de qualquer tipo de violência tenham todo o atendimento necessário, do boletim de ocorrência ao abrigamento temporário junto com seus filhos.

O prefeito de Cariacica, Geraldo Luzia de Oliveira Junior, o Juninho, disse que o município já tem o terreno para construir o espaço, em frente ao estádio Kleber Andrade, mas, enquanto a obra estiver em andamento, o governo federal vai ajudar com o pagamento de aluguel de uma casa. A administração municipal já está procurando um imóvel que seja adequado à proposta. 

> Polícia divulga lista dos 10 assassinos de mulheres mais procurados

Outro projeto será a capacitação de mulheres vítimas da violência ou em situação de vulnerabilidade com cursos de cosmetologia para que, com qualificação, possam trabalhar por conta própria e sair da dependência financeira que, muitas vezes, é a razão para que continuem em relacionamentos abusivos. 

Juninho disse ainda que haverá cursos para profissionais de salão de beleza, considerando uma pesquisa feita pelo Ministério da Justiça. Segundo o prefeito, o estudo apontou que é nesse ambiente que muitas mulheres encontram espaço para desabafar sobre a violência sofrida. 

A ideia é que, com o curso, esses profissionais sejam capacitados sobre como proceder diante de uma vítima e como orientá-la a denunciar e se proteger
Juninho, prefeito

JUVENTUDE

O programa federal também vai apoiar ações de outros segmentos. Para o público jovem, será criada a Estação 4.0, um lugar para qualificação profissional com cursos na área de tecnologia da informação, design e desenvolvimento de soluções. 

"Será instalado um contêiner duplo ao lado da Delegacia da Mulher (Campo Grande) e vamos receber R$ 200 mil para a compra de equipamentos e outros R$ 100 mil para custeio. Serão cursos que têm a perspectiva de colocar o jovem no mercado de trabalho", conta Juninho. A previsão é que, dentro de 60 dias, o espaço já esteja implantado para o início da qualificação.

>Força Nacional em Cariacica conta com atiradores de elite

Cariacica também vai receber um micro-ônibus e o veículo ficará à disposição da Secretaria de Assistência Social para atendimento de idosos em atividades voltadas para a terceira idade. 

"Todas essas ações são importantes porque os resultados positivos não vão vir apenas nas ações de segurança, com a Força Nacional e o policiamento. Para combater a violência, não é só repressão, trabalho de polícia. É preciso investir no social, e a sociedade também precisa se envolver, participar", ressalta Juninho. 

 

 

Ver comentários