Notícia

Sarampo: tire todas as dúvidas sobre os sintomas e vacinação

O sarampo é uma doença viral altamente contagiosa e que pode até matar. Veja como se proteger e como identificar os principais sintomas

Manchas avermelhadas, em erupções cutâneas, estão entre os principais sintomas do sarampo
Manchas avermelhadas, em erupções cutâneas, estão entre os principais sintomas do sarampo
Foto: Romolo Tavani/Shutterstock

O sarampo, doença viral altamente contagiosa, voltou a assustar os brasileiros este ano. Até a início de agosto, 646 casos de sarampo já foram confirmados no Brasil.

No Espírito Santo, dois casos permanecem em observação. Outros 52 casos já notificados, mas exames descartaram a doença. A Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) afirma que o Estado está em alerta, mas não há casos confirmados de sarampo há 19 anos.

Saiba mais sobre a doença e entenda quando procurar ajuda. 

A DOENÇA

O QUE É O SARAMPO? COMO SE TRANSMITE?

O sarampo é uma doença viral altamente contagiosa. Ela é transmitida por vias respiratórias, ou seja, pela respiração, tosse ou espirro.

QUAIS OS SINTOMAS DE ALGUÉM COM SARAMPO?

Uma pessoa com sarampo apresenta “uma tríade de sintomas”: o primeiro sinal são as manchas avermelhadas e irritações na pele; o segundo sintoma é a febre; o terceiro sintoma pode ser tosse e/ou coriza e/ou conjuntivite. 

O QUE FAZER SE APRESENTO OS TRÊS SINTOMAS?

A pessoa deve ser encaminhada imediatamente a um serviço de saúde para ser avaliado e orientado por um profissional. A partir do surgimento das manchas, também é preciso evitar contato com outras pessoas por 4 a 6 dias, pois a doença é altamente contagiosa.

> Ministério aumenta nível de alerta para sarampo no País

SARAMPO PODE MATAR?

Sim. O sarampo pode matar, principalmente crianças e pessoas em desnutrição.

COMO EVITAR O CONTÁGIO?

Evitar espaços fechados e aglomerados, contato com pessoas gripadas, além de proteger a boca com a mão ao tossir ou espirra.

Dia D de mobilização da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Sarampo.

A VACINAÇÃO

QUEM DEVE SER VACINADO?

Pessoas de 12 meses a 49 anos de idade devem ser vacinadas.

Crianças de 6 a 11 meses podem ser vacinadas 15 dias antes de uma viagem para um município com surto ativo da doença - principalmente cidades turísticas nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Pará. Consulte as unidades de saúde para saber a lista atualizada de recomendações.

QUEM NÃO DEVE SER VACINADO?

Pessoas com casos suspeitos de sarampo, gestantes, menores de 6 meses de idade e pessoas com o sistema imunológico imunocomprometido.

QUANTAS DOSES DA TRÍPLICE VIRAL DEVO TER NO MEU CARTÃO?

A vacina tríplice viral está indicada para pessoas de 12 meses a 49 anos. Sendo que, de 12 meses a 29 anos, o indivíduo precisa comprovar duas doses da vacina tríplice viral em sua caderneta de vacina e de 30 a 49 anos, uma dose é suficiente.

NÃO RECEBI A TRÍPLICE VIRAL, MAS RECEBI A VACINA ÚNICA DE SARAMPO.  DEVO ME VACINAR NOVAMENTE?

Sim. Pessoas que tomaram apenas a vacina única de sarampo, que era aplicada até os anos 2000, precisam tomar a Tríplice Viral para regularizar o cartão de vacinação.

ONDE POSSO RECEBER A VACINA?

A vacina é distribuída gratuitamente pelo Ministério da Saúde nas 493 salas de vacina e postos de saúde dos 78 municípios do Estado.

 

 

 

Ver comentários