Notícia

Governo do ES vai utilizar parte da Fábrica de Ideias para projetos

O governo vai investir R$ 13 milhões para utilizar parte do espaço e implantar um centro de inovação e tecnologia para empresas do ramo. Local permanecerá sendo da prefeitura

Fábrica de Ideias, em Vitória
Fábrica de Ideias, em Vitória
Foto: Fernanda Madeira

Durante o lançamento de projetos e programas na área de ciência, tecnologia e inovação, realizado em evento no Palácio Anchieta, nesta terça-feira (10), a secretária de Estado de Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional, Cristina Engel, informou que a Fábrica de Ideias, localizada em Vitória, terá um de seus espaços destinado a empresas e projetos de inovação.

Cristina explica a escolha do espaço como centro de desenvolvimento para o setor. "Tanto em termos de infraestrutura, ela (Fábrica de Ideias) é extremamente adequada, como é capaz de promover uma melhoria no seu entorno. É um fundamental instrumento nas metas que temos em termos de governo e inovação", destacou.

 

 

A Fábrica de Ideias é um dos nossos sonhos de transformação porque ela tem toda a estrutura adequada para que se coloque muitas empresas, startups, grupos de trabalho e pesquisa. E também tem as características e simbologia do que precisamos
Cristina Engel, secretária de Estado de Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional

Segundo a secretária, já existe um recurso de R$ 13 milhões reservado para investimentos no local, que hoje está sendo utilizado parcialmente pelo Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes).

"Vamos investir cerca de R$ 13 milhões para o término da construção, para a preparação dos locais para receber os grupos inovadores. E tem todo um programa por trás de como selecionar as equipes para ocupar e como vão ocupar o local", disse.

Sobre o imóvel pertencer à Prefeitura de Vitória, a secretária afirmou que não é ideia do governo assumir o espaço, mas sim, tê-lo como um espaço de integração.

Leia também

"A todo momento estamos falando e agindo de forma que se tenha a integração entre os órgãos, instituições e empreendedores. Isso não é só conversa, é uma realidade. A Fábrica (de Ideias) permanece como sendo de propriedade da prefeitura, permanece com o Ifes, que tem uma atuação muito importante lá, só que vamos incrementar colocando outras instituições e formas de produção de inovação no local”, destacou.

O prazo para criação do espaço não foi informado. Segundo Cristina, o edital de licitação do projeto ainda será preparado.

O diretor presidente da Companhia de Desenvolvimento, Turismo e Inovação de Vitória (CDTIV), Leonardo Krohling, afirmou que o investimento é positivo para o setor na cidade.

"Nos faz muito satisfeitos. É uma conversa que já estava sendo feita entre as secretarias para que isso acontecesse e o governo do Estado passasse também a fazer parte da Fábrica de Ideias. Para que a gente possa aumentar a área existente e receber mais ativos no campo da inovação e tecnologia", disse.

Ver comentários