Notícia

Concurso da PRF: edital com 500 vagas deve ser publicado esta semana

Remuneração inicial da é de R$ 9.931,57, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458

Trabalho da Polícia Rodoviária Federal (PRF)
Trabalho da Polícia Rodoviária Federal (PRF)
Foto: Facebook/ PRF

Boa notícia para quem quer ingressar na Polícia Rodoviária Federal (PRF). O tão aguardado edital do concurso da corporação está previsto para ser publicado ainda esta semana. A informação foi confirmada pelo diretor-geral, Renato Dias, em resposta a internautas em uma rede social, no qual confirma que a liberação do documento deve ocorrer ainda em novembro, com provas previstas para março.

O Cebraspe, antigo Cespe/UnB, será o responsável pelo certame. O edital está em fase de ajustes. O concurso vai preencher 500 vagas para o cargo de policial rodoviário.

Leia também

Para participar, é necessário ter nível superior em qualquer área de formação, além de carteira de habilitação a partir da categoria “B”. A jornada de trabalho dos servidores é de 40 horas semanais. A remuneração inicial da é de R$ 9.931,57, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458.

Além disso, de acordo com a lei 13.371, sancionada pelo presidente Michel Temer em 2016, os servidores contarão com mais um reajuste, em janeiro de 2019, quando o salário passará a ser de R$ 10.357,88, também com o benefício.

O diretor-geral da PRF, Renato Dias, já declarou que a corporação precisa de 3 mil novos servidores, que podem ser convocados pelo aproveitamento de remanescentes do novo certame, independente da oferta imediata de 500 vagas. O motivo é que aproximadamente 2.000 servidores estão em vias de se aposentar até o final do ano.

O concurso foi autorizado em julho deste ano e o edital tem um prazo de seis meses para ser publicado, ou seja, até janeiro.

ATRIBUIÇÕES

Cabe ao servidor da área desenvolver atividades de natureza policial, envolvendo fiscalização, patrulhamento e policiamento ostensivo, atendimento e socorro às vítimas de acidentes rodoviários e demais atribuições com a área operacional do Departamento de Polícia Rodoviária Federal.

Ver comentários