Notícia

2.700 vagas para trabalhar em obras da ArcelorMittal Tubarão

Interessados poderão fazer o cadastro no Sine da Serra a partir de junho

Vista aérea da Arcelor Mittal Tubarão
Vista aérea da Arcelor Mittal Tubarão
Foto: Divulgação

Boa notícia para quem está à procura de emprego. O Sine da Serra vai abrir ainda este ano 2.700 vagas de trabalho em obras da ArcelorMittal Tubarão. Os interessados poderão fazer o cadastro a partir de junho, na sede do órgão, que funciona no Pró-Cidadão, em Portal de Jacaraípe.

Haverá oportunidades para pedreiros, eletricistas, mecânicos, caldeireiros, entre outras profissões. De acordo com informações da prefeitura, os investimentos serão feitos até 2023 e, ao longo desses cinco anos, serão gerados, ao todo, 5.320 postos de trabalho.

Leia também

As primeiras chances serão para atuar nas obras de reforma do Alto-Forno 2 e da Máquina de Lingotamento Contínuo 2, com um total de 1.100 vagas no pico da obra.

 

“Conversamos com a empresa que vai executar as obras para que seja feita contratação de mão de obra local. No entanto, poderá haver trabalhadores de outros municípios da Grande Vitória por conta do sistema integrado do Sine. Além disso, vamos verificar quais os tipos de profissionais serão necessários para a execução desses projetos. A ideia é oferecer cursos profissionalizantes para que os candidatos estejam qualificados para o trabalho. Um bom exemplo é o cargo de pedreiro refratário, que contará com 600 chances”, comenta o secretário de Trabalho, Emprego e Renda da Serra, Roberto Carlos.

De acordo com a prefeitura, a ArcelorMittal Tubarão também vai investir no projeto de Dessalinização, com 220 vagas no pico da obra, além da nova Bateria na unidade de Coqueria, com 700 chances no auge da construção.

A companhia fará investimentos ainda no novo sistema de despoeiramento (Filtro de Mangas) no Pátio de Beneficiamento de Coprodutos (300 vagas no pico da obra), Projetos de Melhorias no TCA (1.600 postos previstos) e Projetos Normativos (expectativa de 1.400 chances). A data de cada projeto será definido pela siderúrgica.

Roberto Carlos informa que a lista das profissões necessárias para cada projeto serão divulgados de acordo com o início de cada obra. Ao entrar em operação, será necessário contratar trabalhadores como soldador, mecânico, montador, entre outros cargos do setor de eletromecânica.

“Os profissionais devem ficar atentos, pois as vagas vão surgir de acordo com cada projeto. Para cada uma delas, haverá ampla divulgação de abertura dessas funções”, aponta o secretário.

Segundo ele, a ArcelorMittal fará investimentos importantes que vão melhorar a qualidade de vida dos moradores da Grande Vitória. “Uma dessas obras será na melhora da qualidade do ar da Região Metropolitana” diz.

SAIBA MAIS

 

 

VAGAS

Serão geradas 5.320 oportunidades até 2023. Desse total, 2.700 chances estão previstas para serem preenchidas ainda este ano.

OBRAS

Dessalinização: 220 vagas (pico da obra)

Obras de reforma do Alto-Forno 2 e Máquina de Lingotamento Contínuo 2: 1.100 vagas (pico da obra). Estas devem ser abertas ainda este ano

Nova Bateria na unidade de Coqueria: 700 vagas (pico da obra)

Novo sistema de despoeiramento (Filtro de Mangas) no Pátio de Beneficiamento de Coprodutos: 300 vagas (pico da obra)

Projetos de Melhorias no TCA: 1.600 (previsão)

Projetos Normativos: 1.400 (previsão)

PRINCIPAIS POSTOS DE TRABALHO

As oportunidades serão para pedreiros, eletricistas, mecânicos, caldeireiros, entre outras profissões. Para uma das obras, haverá um grande número de vagas para pedreiro refratário. Neste caso, o Sine da Serra deverá oferecer curso de capacitação para que moradores do município estejam qualificados para preencher as vagas que forem abertas.

CADASTRO

O cadastro de profissionais será feito a partir de junho, no Sine da Serra, que fica no Pró-Cidadão, das 8 às 17 horas, levando Carteira de Trabalho, CPF, Carteira de Identidade e comprovante de residência.

Fonte: Prefeitura da Serra

Ver comentários