Notícia

Diplomatas: definida organizadora de concurso com 20 vagas

Iades ficará responsável pela organização do certame; remuneração passa de R$ 18 mil

Instituto Rio Branco terá 20 novos diplomatas
Instituto Rio Branco terá 20 novos diplomatas
Foto: Reprodução internet

O Ministério das Relações Exteriores já definiram a banca que ficará responsável pela organização do concurso público para diplomatas. A seleção ficará a cargo do Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades). A oferta será de 20 vagas.

> Com os cortes de Bolsonaro, concurso público vai acabar?

O requisito é ter nível superior em qualquer área. A remuneração é de R$ 18.517,83, já incluído o auxílio-alimentação de R$ 458.

A definição da banca foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (27). A surpresa é que, pela primeira vez em muitos anos, a empresa escolhida não será o Cebraspe, como o esperado pelos candidatos.

Com confirmação da organizadora, falta apenas a assinatura do contrato e a publicação do edital.

O concurso contará com três fases:

- Primeira: prova objetiva, constituída de questões do tipo CERTO ou ERRADO de Língua Portuguesa, Língua Inglesa, História do Brasil, História Mundial, Política Internacional, Geografia, Noções de Economia e Noções de Direito e Direito Internacional Público, de caráter eliminatório, que habilitará os candidatos a se submeterem às fases seguintes;

- Segunda: prova escrita de Língua Portuguesa e de Língua Inglesa, ambas de caráter eliminatório e classificatório;

- Terceira: provas escritas de História do Brasil, Política Internacional, Geografia, Noções de Economia, Noções de Direito e Direito Internacional Público, Língua Espanhola e Língua Francesa, de caráter eliminatório e classificatório.

> Leia mais sobre Concursos e Empregos 

 

 

Ver comentários