Notícia

ES tem mais de 2 mil vagas de emprego para pessoas com deficiência

Interessados poderão fazer o cadastro durante evento de inclusão, que será realizado de 19 a 22 de setembro, em Vila Velha

Estado tem mais de 2 mil vagas de emprego para pessoas com deficiência
Estado tem mais de 2 mil vagas de emprego para pessoas com deficiência
Foto: Camila Domingues/ Palácio Piratini

O Espírito Santo tem mais de 2 mil vagas de emprego abertas para pessoas com deficiência (PCD), de acordo o Cadastro Unificado de Dados das Pessoas com Deficiência (Cadef), do Ministério Público do Trabalho (MPT).

> De enfermeiro a vigilante: semana começa com 678 vagas de emprego

Os interessados em uma das oportunidades poderão fazer o cadastro no estande do Cadef durante a Conferência e Exposição Estadual de Inclusão e Acessibilidade (Reconecta), organizado pelo MPT, que será realizado de 19 a 22 de setembro de 2019, no Boulevard Shopping Vila Velha.

A partir do segundo semestre de 2020, há previsão de que estes cadastros sejam feitos on-line. O Cadef é uma uma iniciativa do MPT destinada a preencher as vagas destinadas exclusivamente às pessoas com deficiência no mercado de trabalho

Na edição de 2018, foram registradas 250 pessoas, das quais 110 foram encaminhadas para uma oportunidade de trabalho.

O Ministério Público do Trabalho informou que, em setembro, 24 empresas foram notificadas por descumprir a Lei 8.213/91, a Lei de Cotas. Essas companhias precisam contratar em caráter de urgência 447 profissionais PCDs. As empresas estarão presentes no Reconecta para participar do balcão de recrutamento e seleção.

A legislação prevê que empresas com 100 ou mais funcionários precisam ter de 2% a 5% das vagas preenchidas por pessoas com deficiência ou habilitadas.

No mesmo evento, os participantes terão ainda orientação médica e jurídica, além de possibilidade de conversar com um profissional de RH e intérprete de Libras para tirar dúvidas sobre currículo e entrevista de emprego.

O Reconecta é organizado pelo Ministério Público do Trabalho no Espírito Santo (MPT-ES) em parceria com diversos órgãos públicos, instituições, entidades, conselhos que atuam na defesa dos direitos das pessoas com deficiência e entes da iniciativa privada, o evento terá uma programação diversificada.

Serão mais de 30 horas de palestras, painéis de debate, workshops, oficinas, apresentações culturais, exposições artísticas, atrações musicais, participação de instituições, exposição de produtos, serviços e equipamentos adaptados, entre outros.

> Leia mais sobre Concursos e Empregos 

 

 

Ver comentários