Notícia

Fila de consumidores com dívidas toma calçada de ginásio em Vitória

Consumidores com contas atrasadas poderão também parcelar os débitos em até 60 vezes. O evento acontece na Arena Vitória até sábado (9)

Com a proximidade do Natal, muitos consumidores que estão com dívidas na praça têm ido ao Feirão Recupere seu Crédito, promovido pela Câmaras de Dirigentes Lojistas (CDLs) na Arena Vitória. No terceiro dia do feirão, nesta quinta-feira (07), uma fila extensa se formou logo cedo na calçada do ginásio.

A expectativa dos organizadores do evento é que cerca de 15 mil capixabas sejam atendidos até o sábado. O feirão acontece das 9 às 16 horas, no antigo Ginásio do Álvares Cabral, em Bento Ferreira. E além dos descontos, dependendo da empresa, há a possibilidade de parcelar o valor do débito em até 60 vezes.

Leia também

Segundo dados da CDL Vitória, só em outubro, o Estado contava com cerca de 650 mil consumidores inadimplentes e 1,9 milhão de registros de inadimplência, quando o mesmo consumidor pode ter mais de uma conta em atraso. Desse total, 32% das dívidas eram de valores pequenos, entre R$ 100 e R$ 150.

Com essa oportunidade de renegociar diretamente com os fornecedores, será possível para o consumidor dar o primeiro passo para limpar o nome na praça e já pensar com mais tranquilidade nas compras de Natal.

“A data em que estamos realizando o feirão é importante para o comércio devido à liberação da primeira parcela do 13° salário. Assim, muitas pessoas podem usar o dinheiro para quitar as dívidas e ter o nome limpo para voltar a consumir. Essa é uma excelente oportunidade de renegociação”, comentou Adriano Ohnesorge, presidente da CDL Vitória.

Ainda de acordo com Ohnesorge, serão 24 empresas de diferentes áreas reunidas no local. Entre as instituições que participantes, estão: Caixa Econômica Federal, Dacasa Financeira, Banestes, EDP Espírito Santo, Cesan, Calçados Itapuã, Óticas Diniz, Agoracred, Santa Terezinha, O Boticário e Cartão Avista. Também haverá um estande do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC).

O presidente também informou que além das facilidades de renegociação, quem receber a senha de atendimento do feirão até as 16 horas será atendido, e aqueles que estiverem no evento terão direito a usar uma hora de internet pelo wi-fi do feirão.

“Para participar é preciso levar o CPF e um documento de identificação original com foto. Ao chegar no feirão, a pessoa vai entrar em uma fila para ser recebida em um dos nossos 11 balcões de atendimento. Lá, ela saberá se tem alguma dívida e com qual empresa. Se estiver endividado, sai com uma senha para ser atendido pela empresa na qual está com débito”, explica.

O presidente da CDL Vitória aconselha também a comparecer no feirão nos primeiros dias o evento, já que “geralmente na sexta e sábado são os dias de maior movimento”.

DÍVIDA RENEGOCIADA

A pensionista Carmela Ferreira da Silva, de 74 anos, já estava perdendo noites de sono preocupada com uma dívida de R$ 5.400 em uma financeira. O alívio, no entanto, veio na manhã desta terça-feira, quando Carmela conseguiu negociar e o valor da conta caiu para R$ 1.800. A pensionista ainda terá o prazo de 18 meses para pagar as prestações e ficou feliz com o resultado negociação.

“Estou aliviada, melhorou muito pra mim. Gostei muito. A dívida estava me preocupando. Com esses parcelamento vai ficar muito mais tranquilo para pagar, ficou bom”, disse Carmela.

A pensionista Carmela Ferreira da Silva, de 74 anos, negociou dívidas no feirão em Vitória
A pensionista Carmela Ferreira da Silva, de 74 anos, negociou dívidas no feirão em Vitória
Foto: Eduardo Dias

OPORTUNIDADES

Além do evento organizado pelas CDLs, o consumidor conta com o Feirão Limpa Nome renegociação do Serasa Experian. Até o dia 16 de dezembro, pelo link: https://www.serasaconsumidor.com.br/feirao, será possível negociar com telefonias, bancos, credoras e empresas de pequeno e médio porte.

Outra opção para o consumidor, é ir diretamente à loja que fez a dívida e tentar negociar o débito ou procurar o Procon Estadual, que tem um setor de negociação de dívidas, na sede localizada no Centro de Vitória e em uma unidade que fica no Faça Fácil, em Cariacica.

PROGRAME-SE!

Onde? Na Arena Vitória, avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, nº 2.100, Bento Ferreira, em Vitória.

Quando? O feirão começou na terça (05) e vai até o próximo sábado (09).

Que horas? Todos os dias, das 9 às 16 horas.

O que devo levar? Você deve comparecer com CPF e um documento de identificação original com foto. Mas algumas empresas também pedem comprovante de residência e uma fatura que está devendo.

CONDIÇÕES DAS EMPRESAS

Banestes: Poderão ser atendidas pessoas que possuem dívidas referentes a vários produtos do banco, como cheque especial, cartões de crédito, crédito pessoal, microcrédito, entre outros. A dívida deve ser de até R$ 30 mil, sem garantia real e com atraso superior a 60 dias. A empresa oferece parcelamento de até 60 meses, com descontos sobre o valor da dívida, de até 100% de multas e juros de mora, além de alongamento do prazo da dívida. Mas cada caso será analisado individualmente.

Agoracred: A empresa oferecerá desconto de até 100% nos juros de atraso e na multa, dependendo do atraso do contrato. Mas os contratos com atraso superior a 360 dias poderão receber desconto no valor principal para quitação do débito. No caso de contratos com atraso superior a 60 dias, o cliente poderá parcelar sua dívida em até 12 vezes.

Caixa Econômica Federal: O banco vai oferecer alternativas e descontos de até 90%, por meio da campanha #QUITAFÁCIL. Poderão participar clientes pessoa física e jurídica que possuam contratos comerciais em atraso, incluindo cartões Caixa, com descontos significativos para pagamento à vista. Mas, para ser atendido, é preciso levar RG, CPF e comprovante de endereço atual.

Cartão Avista: Serão negociadas dívidas com atraso a partir de 30 dias. A instituição vai oferecer descontos de até 80%, dependendo da faixa de atraso.

Cesan: Para realizar a negociação da dívida, é preciso que o número de faturas vencidas, em atraso, seja igual ou superior a quatro. Quem parcelar todo o débito e tiver 5% do valor total da dívida, pode chegar a ter até 100% de desconto sobre juros e multas. Além disso, será concedido parcelamento em até 48 meses. Essas condições são apenas para Titulares das Contas. Mas os clientes que já têm parcelamento ativo não terão desconto de juros e multas.

Dacasa Financeira: A instituição vai negociar dívidas a partir de 61 dias de atraso. Haverá descontos de até 100% nos juros, de acordo com o tempo de atraso. Cada cliente terá um atendimento personalizado.

EDP: A empresa informou que as negociações serão totalmente personalizadas, para que o parcelamento caiba no bolso do cliente, podendo chegar a juros zero para consumidores cadastrados na Tarifa Social. Também é preciso levar comprovante de endereço e uma fatura com o número da Instalação.

CDL Vitória: A Câmara dos Logistas irá representar as empresas: Abraspes, Agoracred (que também terá seus estandes próprios), Bozi Materiais de Construção, Santa Terezinha, Educatho Educação e Tecnologia, Fazenda Clube Santa Teresa, Gimacol, Itapuã Calçados, José Lessa Junior, Kontor Escritório Virtual, Luvep, Metron Engenharia, Microlins Serra, Negri, O Boticário, Óticas Diniz, Suprimentos de Informática ME e Tales Antônio Lopes. As empresas irão oferecer parcelamento em até 10 vezes (poderá haver negociação em mais vezes, conforme o caso), com parcela mínima de R$ 70,00 para os clientes endividados.

Fontes: Empresas citadas e CDL Vitória