Notícia

Produção de óleo e gás da Petrobras cai 4,3% no primeiro semestre

Paradas programadas de plataformas e vendas de ativos foram os principais motivos da queda

Prédio da Petrobras
Prédio da Petrobras
Foto: Divulgação

A produção total da Petrobras no Brasil e no exterior atingiu 16.020 milhões de barris no primeiro semestre do ano, representando uma redução de 4,3% em comparação aos 16.745 milhões de barris extraídos em igual período do ano passado. Somente em junho a produção total foi de 2,62 milhões de barris por dia, dos quais 2,63 milhões no Brasil.

A produção média só de petróleo no país foi de 2,03 milhões de barris por dia, representando uma queda de 1,5% em relação a maio. De acordo com a Petrobras, a redução da produção de petróleo se deveu principalmente à maior parada de operação de plataformas, declínio natural em alguns campos na Bacia de Campos e venda de ativos.

Leia também

A estatal explicou que, em junho, ocorreu a parada para manutenção do FPSO Cidade de Paraty, localizado no ampo de Lula no pré-sal da Bacia de Santos, e a venda de 25% da participação do campo de Roncador para a Equinor, negociação concluída em 14 de junho.

No dia 22 de junho, a estatal iniciou a produção do FPSO Cidade de Campos dos Goytacazes, localizado no campo de Tartaruga Verde, na Bacia de Campos.

Por sua vez a produção de gás natural no Brasil, excluído o volume liquefeito, foi de 78,2 milhões de m³/d, 3,4% abaixo do mês anterior também devido a parada de plataformas e venda de ativos, uma vez que a maior parte do gás é associado ao petróleo.

Já no exterior a produção de petróleo foi de 60 mil bpd, volume 2,3% acima do mês anterior, devido ao aumento de produção em campos na Nigéria. A produção de gás natural foi de 6,4 milhões de m³/d, volume em linha com o produzido em maio.

Ver comentários