Notícia

Economia do Japão cresce mais que o esperado no segundo trimestre

PIB registrou crescimento de 1,9% entre abril e junho

Japão
Japão
Foto: Reprodução/Web

A economia do Japão cresceu mais do que o esperado no segundo trimestre, ajudada por fortes gastos de consumidores e empresariais, se recuperando da contração anterior. Porém, as tensões do comércio global se apresentam como grandes riscos para as perspectivas de exportação e investimento.

O Produto Interno Bruto (PIB) do Japão registrou crescimento de 1,9%, em base anualizada, entre abril e junho, superando a previsão de aumento de 1,4% em pesquisa Reuters. O resultado veio após contração revisada de 0,9%, maior do que as estimativas iniciais, no trimestre anterior, que pôs fim à melhor fase de crescimento desde a bolha econômica dos anos 1980.

Leia também

A recuperação nos gastos do consumidor é um movimento bem-vindo para o Banco do Japão, mas é improvável que seja suficiente para mudar sua postura de que as taxas de juros precisam permanecer baixas por longo tempo para acabar com a mentalidade deflacionária do país.

Embora os analistas esperem que a economia mantenha recuperação, alguns acreditam que as crescentes disputas comerciais globais prejudiquem o setor de exportação e manufatura, grandes impulsionadores do crescimento na terceira maior economia do mundo.

"As coisas estão indo bem, mas dadas as questões sobre o atrito comercial entre os Estados Unidos e a China, há muita incerteza sobre se as coisas vão continuar bem", disse o ministro das Finanças, Taro Aso.

Ver comentários