Notícia

Rubem Novaes deve assumir o comando do Banco do Brasil

Aliados de Bolsonaro se opuseram ao nome de Ivan Monteiro para o cargo; para gerir a Caixa Econômica Federal, será confirmada a indicação de Pedro Guimarães

Agência do Banco do Brasil em Vila Velha
Agência do Banco do Brasil em Vila Velha
Foto: Fernando Madeira

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes , deve anunciar nesta quinta-feira (22) os nomes dos presidentes da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil (BB). Para a Caixa será confirmada a indicação do economista Pedro Guimarães e para o BB, o de Rubem Novaes .

Guedes havia convidado o atual presidente da Petrobras, Ivan Monteiro para comando do BB, mas houve resistência do núcleo político de presidente eleito Jair Bolsonaro por causa das ligações entre Monteiro e Aldemir Bendine, ex-presidente da estatal, preso na operação Lava Jato. Bendine foi alçado ao cargo pela ex-presidente Dilma Rousseff.

De perfil liberal, Rubem Novaes é oriundo da Universidade de Chicago (EUA). Ele integrou o time de Paulo Guedes, sendo responsável pela formulação do programa de desestatização do novo governo. Novaes esteve à frente das entidades patronais, como Confederação Nacional da Indústria (CNI) e foi diretor do BNDES.

Guimarães é sócio do banco de investimentos Brasil Plural e tem uma vasta experiência no mercado financeiro. Doutor em Economia pela Universidade de Rochester (EUA), especializou-se em privatizações e participou de diversos processos de venda de empresas no Brasil, como a do Banespa.

> Casagrande descarta novos concursos e reajuste a servidores em 2019

Ver comentários