Notícia

Calorão faz vendas de ventilador e ar-condicionado dispararem

Lojas estão dando descontos nos produtos para aproveitar o 13º salário dos clientes

Micheli Ferreira dos Santos, 28 anos, diarista
Micheli Ferreira dos Santos, 28 anos, diarista
Foto: Vitor Jubini - GZ

O verão começa hoje, mas as temperaturas altas já dão o ar da graça há dias, e a tendência é subirem ainda mais. Com isso, foi dada a largada para a corrida às lojas especializadas e de eletrodomésticos em busca de ventiladores e aparelhos de ar condicionado, que já movimenta o comércio.

Nesses últimos dias de temperaturas elevadas, por exemplo, em algumas lojas a venda desses produtos já quadruplicou. Junto com o calor, o pagamento do 13º salário, que saiu ontem, está contribuindo para que os consumidores comprem equipamentos para se refrescar.

A diarista Micheli Ferreira dos Santos, 28 anos, saiu do trabalho e aproveitou para passar em uma loja de móveis e eletrodoméstico no, Centro de Vitória, para pesquisar os preços. “O calor está muito intenso. Na minha casa temos apenas um ventilador, que já não está dando conta, por isso vim em busca de um que seja mais potente”, comentou.

Já tenho um ventilador em casa, mas ele não está dando conta. É um item de que preciso. Se eu puder economizar na hora de comprar, é ainda melhor
Micheli Ferreira, diarista, 28 anos

Antes de comprar o ventilador, Micheli vai pesquisar mais um pouco para poder economizar. “É um item que preciso em casa, mas se eu puder economizar na hora de comprar, será ainda melhor”, enfatiza.

Assim como a diarista, de acordo com os comerciantes, muitas pessoas aproveitam a saída do trabalho para passarem nas lojas e comprar ventilador ou ar-condicionado.

De acordo com Fernando Antônio de Souza, supervisor de vendas da Dufrio, a loja que fica em Vila Velha registra um movimento muito maior de clientes nesta época justamente por conta do verão. “Nós vendíamos, em média, de 25 a 30 ares-condicionados por dia diretamente para o consumidor. Agora, chegamos a vender mais de 100 peças diariamente. Além disso, as pessoas estão realizando pagamento à vista ou estão dando uma entrada e dividindo o restante em poucas parcelas, devido ao dinheiro do 13º salário”, explica.

Segundo Rildo Reis Pereira, diretor de vendas da Rede Sipolatti, em todas as 37 lojas que a empresa tem no Espírito Santo houve crescimento de vendas desses aparelhos. “Na baixa temporada, vendemos, em média, 50 ares-condicionados e 84 ventiladores por dia. Com o início do verão, já estamos vendendo o dobro, além disso, esperamos aumentar em 40% as vendas desses aparelhos em relação ao ano passado”, conta.

DESCONTOS

Aproveitando o momento de calor intenso e a procura pelos aparelhos de refrigeração, algumas redes de eletrodomésticos estão reduzindo o preço do produto, como lojas físicas do Centro de Vitória.

Em um desses comércios, um ventilador silencioso com potência de 60W era vendido a R$ 218,99, mas, com desconto, está saindo por R$ 149. Em outra, há descontos de até 60% nessa linha de produtos, o que também inclui climatizadores e purificadores de ar.

De acordo com a Associação Nacional de Fabricantes de Produtos Eletrônicos (Eletros), as vendas de ventiladores devem aumentar em 4% nesse verão, em comparação ao do ano passado.

Ainda segundo a Eletros, até o final de dezembro devem ser produzidos 3,3 milhões de ares-condicionados modelo split e 430 mil do modelo janela. Os números são maiores do que os registrados em 2017, quando o país produziu 3,03 milhões do split e 251 mil do janela. O volume da produção de ventiladores também teve crescimento: no ano passado, foram feitos 9,854 milhões de unidades e, em 2018, deve encerrar o ano com 10,353 milhões fabricadas.

ECONOMIA

Na hora de escolher entre o ventilador ou o ar-condicionado, o consumidor procura por aquele produto que se adeque melhor ao seu bolso.

“Já estamos notando um aumento de 33% na venda da linha de refrigeração. O que mais sai são os ventiladores, por causa do preço que é mais baixo em comparação com o do ar-condicionado. O consumidor, muitas vezes, opta pelo produto de menor valor”, explica o gerente de vendas da Simonetti de Vitória, Gilson Antônio Soares.

ECONOMIZE

Modelo

Escolha modelos que tenham o selo de “Economia de Energia A” do Inmetro.

Laterais

Não bloqueie as laterais e o fundo do seu aparelho de ar-condicionado de janela, pois isso reduz a eficiência do aparelho.

Bloqueie o sol

Proteja a parte externa do ar-condicionado do sol direto, sem bloquear as grades de ventilação.

Desligar o aparelho

Sempre que você se ausentar do ambiente por muito tempo, desligue-o, pois isso pode acabar aumentando o consumo de energia.

Limpeza

Mantenha os filtros, no caso do ar-condicionado, e as hélices dos ventiladores limpos. Filtros sujos forçam o aparelho a trabalhar mais.

Ver comentários