Notícia

Tarifa de embarque do Aeroporto de Vitória sobe pela 3ª vez em um ano

Taxa para voos domésticos acumula alta de 40% e vai a R$ 32,95. Já a de voos internacionais será de R$ 115,82

Área de embarque do novo Aeroporto de Vitória
Área de embarque do novo Aeroporto de Vitória
Foto: Fernando Madeira - 27/07/2018

A tarifa para voar pelo novo Aeroporto de Vitória foi para as alturas. Pela terceira vez em menos de um ano, a taxa de embarque será reajustada. Ontem, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorizou a Infraero a aumentar em 5,39% o teto das tarifas para os aeroportos administrados pela estatal, como o capixaba, indo para R$ 32,95.

Com a elevação, a tarifa paga pelos capixabas para embarcar acumula uma alta de 40% em um ano. Em janeiro de 2018, a taxa para voos domésticos era de R$ 23,49. O principal motivo para essa alta de R$ 9,46 em 12 meses se deve justamente em função da nova estrutura aeroportuária, inaugurada em março.

Após o reajuste anual que começou a valer em fevereiro de 2018, a tarifa de embarque em Vitória passou para R$ 24,57. Esse aumento foi uniforme para todos os aeroportos da Infraero, incluindo os considerados de segunda categoria, quadro em que se enquadrava o terminal de Vitória na época.

Como já era esperado e Gazeta Online havia antecipado antes da inauguração, em março do ano passado, a nova estrutura deveria fazer o aeroporto subir de categoria, indo para a 1ª, que tem tarifas mais caras. E isso aconteceu em junho, quando elevação do nível do terminal fez a tarifa ir para R$ 31,27, mesmo patamar de outros 13 aeroportos da Infraero no país. Só esse aumento causado pela ampliação foi de 27% (R$ 6,70), maior fatia da alta acumulada.

>Até diretor de novela em briga por terreno do Aeroporto de Vitória

Já para o aumento de ontem, de mais R$ 1,68, a Anac justificou a correção da inflação acumulada de 2018 e “variações esperadas de produtividade”. O novo reajuste entra em vigor em 30 dias.

Exterior

Se a taxa para voos nacionais de Vitória já será alta e, junto com os outros 13 aeroportos da primeira categoria da Infraero, será a maior praticada no país, a de voos internacionais será ainda maior. Quem já estiver se programando para voar de Vitória para o exterior, quando a primeira rota para a Argentina iniciar as operações - ainda sem data prevista -, precisará colocar na conta também a salgada tarifa de embarque internacional de R$ 115,82, valor também ajustado e que valerá para todos os aeroportos da categoria. 

Nos 10 aeroportos brasileiros que já são concedidos a iniciativa privada, essa taxa hoje é, em média, de R$ 110. Vale lembrar que o terminal capixaba será leiloado em 15 de março.

>Porto e aeroporto no Espírito Santo na mira das privatizações

A tarifa de embarque é a única que é paga diretamente pelo usuário e visa custear instalações e serviços prestados no terminal.

Aeroportos da categoria 1

Tarifas de embarque 

Doméstico: R$ 31,27 (atual) / R$ 32,95 (reajustada)

Internacional: R$ 112,83 (atual) / R$ 115,82 (reajustada)

Aeroportos da categoria 1

Vitória (ES)

Belém (PA)

Boa Vista (RR)

Cuiabá (MT)

Curitiba (PR)

Foz do Iguaçu (PR)

Goiânia (GO)

Joinville (SC)

Maceió (AL)

Manaus (AM)

Recife (PE)

Rio de Janeiro - Santos Dumont (RJ)

São Luís (MA)

São Paulo - Congonhas (SP)

Os reajustes

Fevereiro de 2018

No início do ano passado, a tarifa de embarque do aeroporto subiu 4,5%, de R$ 23,49 para R$ 24,57, alta que foi igual para todos os terminais da categoria 2.

Junho de 2018

Com a inauguração do novo terminal em março e a melhoria das instalações e serviços, o aeroporto subiu de categoria. Foi para a 1ª, que tem tarifas mais caras, e a taxa subiu para R$ 31,27.

Janeiro de 2019

É autorizado reajuste de 5,39% para os aeroportos da categoria 1 e a taxa de Vitória vai a R$ 32,95 para voos domésticos e será de

R$ 115,82 para internacionais.

Ver comentários