Notícia

Agricultura e comércio puxam crescimento da economia capixaba

Espírito Santo fechou 2018 com o maior valor acumulado do Produto Interno Bruto desde 2015, em R$ 120,8 bilhões

No ano passado, a economia do Estado cresceu 2,4%, devido ao bom desempenho da agricultura (40,7%)
No ano passado, a economia do Estado cresceu 2,4%, devido ao bom desempenho da agricultura (40,7%)
Foto: Eduardo Monteiro | Divulgação

A economia capixaba cresceu em 2018. O Espírito Santo fechou o ano passado com o maior valor acumulado do Produto Interno Bruto desde 2015, em R$ 120,8 bilhões. A agricultura e o comércio varejistas ampliado foram os setores que mais contribuíram para esse resultado positivo. 

Segundo o Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), a economia estadual mostra sinais de recuperação - importantes para a geração de empregos - que se igualam ao patamar de 2015. Porém esse crescimento ainda não está nos patamares pré-crise econômica.

> Leia mais publicações sobre Economia

Em 2018, o Estado acumulou um PIB nominal de R$ 120,8 bilhões, sendo que R$ 30,3 bilhões foram concentrados no quarto trimestre de 2018.

> O que você precisa saber sobre o leilão do Aeroporto de Vitória

No ano passado, a economia do Estado cresceu 2,4%, devido ao bom desempenho da agricultura (40,7%) e do comércio varejista (13,5%), em especial. Já entre os setores que recuaram estão os serviços (-1,1%) e a indústria geral (-0,9%).

Apesar do saldo positivo em 2018, na comparação entre o terceiro e quarto trimestre do ano passado, houve uma queda de 0,2%, influenciada pela baixa atividade do comércio varejistas ampliado (-1%) e serviços (-2%), que registraram queda. Porém, a indústria geral cresceu 0,9%.

> Brasil precisa interromper ciclos de frustrações econômicas

 

Ver comentários