Notícia

Mutirão para agilizar pagamentos no ES

Expectativa é de que mil poupadores do Estado sejam beneficiados com ação

Agência do Banco do Brasil, que participa de ação
Agência do Banco do Brasil, que participa de ação
Foto: Gildo Loyola/Arquivo

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) realiza de hoje (22) até sexta-feira (26) um mutirão no Estado para o pagamento de poupadores que tiveram perdas com os planos econômicos Bresser (1987), Verão (1989) e Collor 2 (1991). A expectativa é que sejam beneficiadas mil pessoas no Espírito Santo.

A ação acontece em parceria com Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Tribunal de Justiça estadual (TJES) e tem como objetivo atender quem entrou na Justiça para reaver as diferenças de correção da poupança de planos das décadas de 80 e 90. O atendimento será presencial como forma de agilizar o pagamentos dos valores devidos.

Leia também

A iniciativa conta com a participação do Banco do Brasil, Bradesco e Itaú Unibanco, que já realizaram um levantamento dos casos em que têm a documentação completa das contas dos poupadores.

Os clientes foram convidados a participar do mutirão. O diretor jurídico da Febraban, Antonio Negrão, ressalta que apenas os clientes procurados pelos bancos podem participar do mutirão.

De outubro do ano passado até março de 2019 a instituição, em parceria com os tribunais de Justiça de vários Estados , fechou 8.805 acordos.

O acordo

O acordo relativo às diferenças de correção da poupança dos planos econômicos Bresser, Verão e Collor 2 foi homologado por unanimidade em 1º de março de 2018 pelo Supremo Tribunal Federal, após o parecer favorável da Procuradoria-Geral da República. A adesão foi firmada pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), Frente Brasileira pelos Poupadores (Febrapo) e Febraban, com a mediação da Advocacia-Geral da União (AGU) e o acompanhamento do Banco Central.

O agravo põe fim ao maior conjunto de ações tratando do mesmo tema na área de consumo em tramitação no Judiciário brasileiro. A estimativa de advogados é que cerca de 20 mil capixabas tenham ações na Justiça para receber os valores.

Para facilitar o processo de adesão ao acordo dos planos econômicos, foi desenvolvido o Portal Planos Econômicos. Dividido em três áreas, o portal contém um site informativo, de livre acesso, sobre o acordo; uma assistente virtual, para tirar dúvidas dos usuários; e a plataforma de adesão no site www.pagamentodapoupanca.com.br.

 

 

Ver comentários