Notícia

Residências terão redução de 6,57% na conta de luz

Segundo o diretor de regulação da EDP, Donato da Silva Filho, uma casa com consumo mensal de R$ 100 terá uma redução de R$ 6 a R$ 7 na conta de energia

Foto: Fernando Madeira

Após o anúncio da Aneel de redução de 4,84% na tarifa de energia de clientes da EDP no Espírito Santo, na na tarde desta terça-feira (6) ,a empresa detalhou a redução para os grupos atendidos – residenciais, comerciais e industriais. Atualmente, 1,5 milhão de unidades consumidoras são atendidas pela EDP no Estado.

As residências correspondem a 1,22 milhão do total de usuários contemplados. De acordo com a empresa, este grupo terá uma redução maior que a média, de 6,57%. Segundo o diretor de regulação da EDP, Donato da Silva Filho, uma casa com consumo mensal de R$ 100, terá uma redução de R$ 6 a R$ 7 na conta de energia. “Serão de R$ 6 a R$ 7 de economia por mês, que dará em torno de R$ 80 a R$ 85 por ano”, disse.

> Luz e alimentos aceleram inflação para famílias de baixa renda em junho

As unidades comerciais, como lojas, shoppings e outros estabelecimentos, que correspondem a 125 mil unidades atendidas, também terão uma redução maior que a media: 6,40%. A mesma queda registrada em imóveis de responsabilidade do poder público, que são 11.220 atendidos pela empresa.

> Aneel anuncia bandeira tarifária vermelha para agosto

INDUSTRIAL

Já as empresas de grande porte atendidas pela rede de alta tensão, o chamado grupo industrial, terá uma redução menor que a média, de 3,22%. Nesse grupo, 3500 unidades são atendidas.

Segundo Donato, a redução se dá pelo pagamento de dívidas que a empresa fez ao comprar energia de termelétricas entre 2013 e 2014. Ele afirmou que o custo adicional estava sendo pago desde 2015 e está sendo concluído neste ano, o que fez com que a redução fosse possível.

Na contramão das reduções, estão as unidades atendidas na área rural, que terão um aumento de 0,99%.

Com a colaboração da residente Ana Clara Morais

Ver comentários